20:28 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Especialistas forenses fazem procura na área externa no consulado russo em Atenas, na sexta-feira, 22 de março de 2019. Um esquadrão anti-bomba foi deslocado para o local após as câmeras mostrarem uma granada no perímetro durante a noite.

    Anarquistas gregos assumem responsabilidade por ataque ao consulado russo em Atenas

    © AP Photo / Thanassis Stavakis
    Europa
    URL curta
    0 01

    Um grupo anarquista grego assumiu a responsabilidade de atacar o consulado russo em Atenas em março, segundo um comunicado divulgado no site do grupo.

    No comunicado, o grupo, que se autodenomina "FAI/IRF Conspiração pela Vingança". Mikhail Zhlobitsky salienta que "assume a responsabilidade" por atacar o consulado russo "com uma granada em 22 de março".

    O ataque foi realizado por duas pessoas não identificadas em uma motocicleta, que atiraram explosivos em uma guarita do lado de fora do escritório da embaixada russa, causando pequenos danos. Ninguém ficou ferido.

    O Ministério das Relações Exteriores da Grécia condenou o ataque e prometeu tomar todas as medidas necessárias para investigá-lo e levar os responsáveis à Justiça. O órgão acrescentou que o ataque não afetaria as relações entre os Estados.

    Mais:

    Oposição venezuelana afirma que avião do governo voou à Grécia para vender ouro
    Especialistas explicam motivos pelos quais Grécia e Itália não apoiam Guaidó
    Bolha da União Europeia pode estourar em 2019 com 'nova Grécia', diz analista britânico
    Ursa grávida é encontrada decapitada no norte da Grécia (FOTO)
    Tags:
    grupos anarquistas, atentado, Ministério das Relações Exteriores da Grécia, FAI/IRF Conspiração pela Vingança, Mikhail Zhlobitsky, Grécia, Atenas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar