10:22 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Vilnius, capital da Lituânia

    Polêmica: Lituânia chama embaixador na Rússia após ameaças por e-mail

    CC BY 2.0 / Mantas Volungevicius / Castelo de Vilnius de noite
    Europa
    URL curta
    408

    O embaixador da Lituânia na Rússia, Remigijus Motuzas, foi retirado de Moscou por causa das ameaças que o atacavam e contra membros do pessoal da embaixada, informou o Ministério de Relações Exteriores da Lituânia à Sputnik nesta sexta-feira.

    "Sim, o embaixador foi chamado para consultas ontem [quinta-feira]", disse o ministério, acrescentando que o Ministério de Relações Exteriores russo foi prontamente informado da mudança.

    "Isto está relacionado com uma carta enviada à embaixada por e-mail contendo ameaças ao embaixador e ao pessoal da embaixada relacionada ao caso de 13 de janeiro", acrescentou.

    O ministério especificou que a Motuzas recebeu o status de "testemunha especial" em uma investigação pré-julgamento sobre o caso de emissão ilegal de vistos.

    Segundo o ministério lituano, o embaixador foi chamado de volta por cerca de uma semana, e suas funções serão temporariamente desempenhadas pelo vice-chefe da missão.

    Mais:

    Lituânia lista Rússia como uma das principais ameaças ao país, revela relatório
    Escândalo abafado vem à tona: militares dos EUA desonraram bandeira da Lituânia
    Primeiro-ministro da Lituânia se absterá de assinar acordo de migração da ONU
    Tags:
    embaixador, diplomacia, e-mail, ameaça, Ministério de Relações Exteriores da Rússia, Remigijus Motuzas, Lituânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar