21:40 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Britain's Prime Minister Theresa May leaves 10 Downing Street in London, Monday, March 25, 2019

    Reino Unido considera votar mais uma vez proposta de realização de 2º referendo do Brexit

    © AP Photo / Kirsty Wigglesworth
    Europa
    URL curta
    426
    Nos siga no

    A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, está considerando dar aos parlamentares britânicos uma votação livre sobre a possibilidade de realizar um segundo referendo do Brexit, em busca de uma oportunidade para romper o impasse em negociações com o opositor Partido Trabalhista, informou o Telegraph.

    De acordo com o Telegraph, Theresa May discutiu a ideia de se oferecer para fazer um acordo confirmatório com alguns de seus ministros na segunda-feira. O jornal também informou que o principal executor de May no Parlamento está confiante de que o governo tem os números para derrotar qualquer tentativa de realizar um segundo referendo.

    No começo do dia, a Reuters informou que a Câmara dos Lordes do Reino Unido aprovou uma lei que daria ao Parlamento britânico autoridade para alterar o pedido de May para adiar o Brexit até 30 de junho.

    O Parlamento assumiu o controle do processo Brexit no mês passado e deve chegar a um acordo sobre os termos de saída antes de uma cúpula de emergência da UE na quarta-feira.

    Em março, parlamentares do Reino Unido rejeitaram a emenda, apresentada pela parlamentar Sarah Wollaston, pedindo um segundo referendo Brexit por 85 votos contra 334. De acordo com a pesquisa YouGov, 54% da população do Reino Unido vê um segundo referendo Brexit como uma opção melhor do que um resultado sem acordo, com 46% pensando o contrário.

    O Reino Unido e a UE chegaram a um acordo de divórcio no final do ano passado, mas o Parlamento do Reino Unido recusou-se a apoiar o acordo e não consegue formar maioria em torno de quaisquer medidas alternativas. O país deveria ter deixado o bloco em 29 de março, mas perdeu o prazo. A União Europeia deu a Londres até 12 de abril para chegar a uma solução alternativa ou sair sem um acordo nesse dia.

    Tags:
    YouGov, Câmara dos Lordes, Sarah Wollaston, Theresa May, União Europeia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar