11:36 05 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ato no plenário da Câmara Federal em repúdio ao assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL-RJ, e de seu motorista, Anderson Gomes

    Paris homenageará Marielle Franco com nome em espaço público

    PSOL / https://fotospublicas.com/ato-no-plenario-da-camara-federal-em-repudio-ao-assassinato-da-vereadora-marillene-franco-do-psol-no-rio-de-janeiro-foto-psol/
    Europa
    URL curta
    854
    Nos siga no

    O Conselho Municipal de Paris aprovou nesta segunda-feira a proposta de conferir a um espaço público na cidade o nome da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada em 14 de março de 2018.

    O prefeita da capital francesa, Anne Hidalgo, anunciou nesta segunda-feira a aprovação da proposta de nomear um espaço público na cidade em homenagem à vereadora brasileira Marielle Franco.

    A prefeita explicou que a inciativa da proposta dela e comemorou a aprovação em sua conta pessoal no Twitter.

    "Os representantes eleitos parisienses aprovaram esta manhã a proposta que lhes apresentei com a minha equipe: um lugar em Paris levará o nome de Marielle Franco, ativista dos direitos humanos, eleita do Rio de Janeiro, assassinada em março de 2018", disse Hidalgo.

    O local que receberá o nome da vereadora assassinada ainda será definido e poderá ser uma rua, uma praça ou uma passarela.

    Marielle Franco e o motorista Anderson Pedro Gomes foram mortos, em 14 de março de 2018, no centro do Rio de Janeiro. A polícia prendeu no início deste ano dois suspeitos de execução do crime. A vereadora e o motorista foram assassinados com vários tiros. Uma pessoa sobreviveu.

    Mais:

    Ex-deputado Domingos Brazão é citado como possível mandante do assassinato de Marielle
    Bolsonaro nega relação com a morte de Marielle Franco em entrevista à TV nos EUA
    Caso Marielle: milícias no Brasil são toleradas e até mesmo encorajadas, diz perito da ONU
    Polícia apreende peças de 117 fuzis M-16 na casa de amigo do acusado de atirar em Marielle
    Mãe de Marielle diz que resposta é incompleta: 'é preciso saber quem mandou matar'
    Mangueira reescreve história do Brasil e homenageia Marielle na Sapucaí
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar