00:13 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    021
    Nos siga no

    Depois de detonar o acordo da premiê britânica Theresa May sobre o Brexit como uma "traição", o polêmico Nigel Farage comparou o documento ao Tratado de Versalhes, que ele e muitos outros culpam pela ascensão do líder nazista Adolf Hitler ao poder na Alemanha.

    O político de direita disse à audiência no Parlamento Europeu que o acordo de retirada de May foi uma "traição em câmera lenta" e "talvez a maior traição de qualquer voto democrático na história da nossa nação".

    "Voltarei à Primeira Guerra Mundial: vencemos a guerra, mas tivemos o Tratado de Versalhes. Temos uma conta de reparações de 39 bilhões que temos que pagar, mas nada em troca", afirmou Farage.

    Em outras palavras, apesar de ter vencido o voto do Brexit pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o acordo de May deixou os eleitores da "saída" fazendo concessões como se tivessem sido derrotados.

    Em 2014, Farage classificou o armistício da Primeira Guerra Mundial como "o maior erro do século", que ajudou a criar condições difíceis na Alemanha que levaram Hitler a tomar o poder. Ao contrário do tratado histórico, no entanto, ele continua confiante de que o acordo de May será derrotado.

    "Este tratado é uma paz ruim, é inaceitável, não é Brexit, e não passará", avaliou.

    Tendo anteriormente atuado como o líder do Partido da Independência, Farage recentemente se empenhou para tomar conta de seu recém-formado "Partido Brexit", que pretende defender a oportuna saída do Reino Unido da UE, em face de contínuas estagnações e retrocessos.

    Como Theresa May continua a desesperadamente empurrar seu compromisso impopular com o Brexit, rumores já estão começando a circular que a primeira-ministra vai anunciar a data de sua demissão quando ela abordar deputados conservadores nesta quarta-feira.

    Mais:

    Brexit: inferno tem 'muito espaço' para parlamentares que votaram contra acordo, diz Tusk
    Ameaça velada? Macron faz alerta ao Reino Unido sobre prazos para o Brexit
    França alerta que pode votar contra novo prazo para Brexit
    Tags:
    Reino Unido, Grã-Bretanha, Europa, Theresa May, Nigel Farage, Adolf Hitler, Ukip, União Europeia, Partido Conservador, Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial, nazistas, Brexit, acordo, direita, Tratado de Versalhes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar