17:22 24 Março 2019
Ouvir Rádio
    Um homem anda de bicicleta em frente ao monumento da Gratidão pelos soldados do exército soviético em Varsóvia, na Polônia.

    Poloneses pedem Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

    © REUTERS / Kacper Pempel/Arquivo
    Europa
    URL curta
    17210

    Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.

    "Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.

    Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal". 

    Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11 de novembro, Pawel Chojecki, explicando que a petição era crucial para sufocar os "planos imperialistas da Alemanha e da Rússia".

    "Hoje, Angela Merkel e Vladimir Putin estão tentando novamente implementar um plano de criação da Eurásia… Se os planos imperialistas da Rússia e da Alemanha não forem interrompidos, é possível que no futuro próximo mais soldados e civis americanos tenham que morrer para parar planos criminosos da Rússia, Alemanha e China", disse Chojecki, que também atua como pastor e apresentador de TV.

    Criada em fevereiro, a petição recebeu menos de 7.000 assinaturas até o momento, e requer mais de 93.000 antes de 20 de março para receber uma resposta oficial da Casa Branca.

    Exigir reparações da Rússia pela Segunda Guerra Mundial não é algo novo. Em 2017, parlamentares do partido de Lei e Justiça (PiS) da Polônia argumentaram que Varsóvia tinha o direito de exigir compensação tanto da Rússia quanto da Alemanha, uma vez que o país gastou "trilhões de zlotys" para se reconstruir a partir da Segunda Guerra Mundial.

    Respondendo às demandas, o embaixador da Alemanha na Polônia disse que a questão das reparações era "política e legalmente fechada", embora Berlim tenha responsabilidade "moral" pela guerra. Os legisladores russos, por sua vez, rejeitaram as alegações de suas contrapartes polonesas, classificando-as como absurdas e lembrando-lhes que o Exército Vermelho libertou a Polônia durante a guerra, restaurando o status do país como uma nação soberana na comunidade internacional.

    Tags:
    Segunda Guerra Mundial, Movimento 11 de novembro, The New American, Vladimir Putin, Angela Merkel, Pawel Chojecki, Varsóvia, Eurásia, China, Rússia, Estados Unidos, Alemanha, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar