21:26 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0426
    Nos siga no

    A Miss Portugal de 2018, Carla Rodrigues, perdeu o seu direito de representar o país no concurso Miss Mundo, na China, após manifestar sua posição política sobre a Venezuela.

    Eleita Miss Portuguesa 2018 há oito meses, Carla Rodrigues, que é luso-venezuelana, defendeu publicamente a entrada de ajuda humanitária na Venezuela e manifestou apoio ao autoproclamado presidente interino do país, Juan Guaidó.

    Em vídeo divulgado em 20 de fevereiro nas redes sociais, Rodrigues se apresenta como atual Miss Portuguesa e representante de Portugal no concurso Miss Mundo, manifestando preocupação "com a situação da Venezuela e com as dificuldades das pessoas em conseguir alimentos e medicamentos".

    ​De acordo com a organização do concurso Miss Portuguesa, Carla Rodrigues não pode emitir opinião sobre a situação política na Venezuela. A insituição alegou “incumprimento das regras devidamente contratualizadas para o desempenho do mandato de Miss Portuguesa” e proibiu Carla de usar o título de Miss Portuguesa.

    Mais:

    Guaidó pede à Europa mais sanções contra Maduro
    'Governo de Guaidó só existe nas redes sociais'
    Guaidó promete aumento salarial durante encontro com líderes sindicais
    Tags:
    Venezuela, Portugal, Juan Guaidó, concurso de beleza, ajuda humanitária
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar