06:07 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    20332
    Nos siga no

    O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, comentou a suspensão do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), firmado entre os EUA e a União Soviética em 1987.

    Stoltenberg frisou que a OTAN deve "começar a planejar o mundo sem o INF". Segundo ele, a OTAN irá dar uma resposta "ponderada e coordenada" se a Rússia posicionar perto das fronteiras da aliança sistemas de mísseis móveis capazes de portar cargas nucleares.

    "Posso dizer que a nossa resposta [da OTAN] será ponderada e coordenada", afirmou ele durante uma coletiva de imprensa em Varsóvia transmitida pelo serviço de vídeos da OTAN.

    Stoltenberg voltou a acusar a Rússia de violar o INF e apelou para que Moscou "voltasse a cumpri-lo".

    Ele acrescentou que a aliança não planeja posicionar novos mísseis nucleares de baseamento terrestre na Europa.

    No dia 3 de março, o presidente russo Vladimir Putin assinou o decreto sobre a suspensão do Tratado INF por parte da Rússia, comunicou a assessoria de imprensa do Kremlin, explicando que a suspensão vai estar em vigor até que os EUA corrijam as violações do Tratado cometidas por eles ou até que o tratado seja cancelado.

    Previamente, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que no dia 2 de fevereiro Washington daria início à saída do Tratado INF.

    Mais:

    Nova corrida armamentista à vista? Como ruptura do Tratado INF poderia afetar paz global
    Primeiro-ministro russo lamenta saída dos EUA do Tratado INF
    Putin assina decreto sobre suspensão do Tratado INF pela Rússia
    Tags:
    Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), OTAN, Jens Stoltenberg, EUA, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar