07:02 28 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    183
    Nos siga no

    Cerca de 200 mil separatistas catalães marcharam neste sábado (16) em Barcelona para defender a inocência de 12 de seus líderes que estão sendo julgados por sua atuação na tentativa fracassada de secessão em 2017.

    "Autodeterminação não é crime", afirmava um dos cartazes dos manifestantes.

    Enquanto a polícia fala em 200 mil pessoas, os organizadores estimaram o público em 500 mil. 

    Hassan Nasrallah.
    © AP Photo / Hussein Malla
    O julgamento dos 12 separatistas começou nesta semana na Suprema Corte da Espanha, em Madri. Eles estão sendo acusados de ter ignorado a proibição de realizar um referendo de secessão e de emitir uma declaração de independência que não recebeu reconhecimento internacional, em outubro de 2017.

    Os separatistas afirmam que a Catalunha tem o direito à soberania. O governo da Espanha declara que qualquer voto sobre a independência exigiria que o parlamento nacional aprovasse uma emenda à Constituição.

    Mais:

    Espanha vai começar a fechar usinas nucleares a partir de 2025
    Espanha se junta à França e Alemanha em projeto de novo caça europeu
    Chanceler da Espanha critica saída dos EUA da Síria
    Suprema Corte da Espanha recusa pedido para paralisar exumação de Franco
    Tags:
    Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar