06:37 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    USS Carter Hall, a dock landing ship of the United States Navy, sets sail in the Bosphorus, on its way to the Black Sea, in Istanbul, Turkey,

    Presidente do Conselho Europeu apoia expansão da OTAN no Mar Negro

    © REUTERS / Murad Sezer
    Europa
    URL curta
    109
    Nos siga no

    O Presidente romeno do Conselho da União Europeia defendeu o aumento da presença da OTAN no mar Negro durante a Conferência de Segurança realizada em Munique, Alemanha.

    "Enquanto os europeus aplicam as decisões sobre sanções e devem continuar a fazê-lo estritamente, a OTAN deve reforçar ainda mais sua postura de dissuasão e defesa no flanco oriental. É por isso que a Romênia apoiou a coesão reforçada no flanco leste entre suas partes norte e sul. A região, onde o ambiente de segurança é cada vez mais desafiador como vimos recentemente, precisa de mais presença da OTAN", disse Klaus Iohanni na Conferência de Segurança de Munique.

    Ele também enfatizou que a União Europeia não pode ignorar "desafios no flanco oriental".

    O anúncio do presidente romeno abordou uma recente declaração do secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, que afirmou estar considerando a possibilidade de expandir a presença da aliança no Mar Negro. O objetivo é fornecer apoio adicional à Ucrânia na região.

    A situação no Mar Negro se deteriorou depois que os barcos Berdyansk e Nikopol, da Ucrânia, e o rebocador Yany Kapu atravessaram ilegalmente a fronteira marítima russa, navegando em direção ao Estreito de Kerch. A Rússia apreendeu os navios e deteve 24 pessoas a bordo por não responderam à demanda para pararem. Após o incidente, um processo criminal sobre o cruzamento ilegal de fronteira foi aberto na Rússia.

    O presidente russo, Vladimir Putin, disse que o incidente foi uma provocação preparada pelo líder ucraniano Pyotr Poroshenko, pretexto para declarar lei marcial na Ucrânia.

    Tags:
    Conferência de Segurança de Munique (MSC), OTAN, União Europeia, Jens Stoltenberg, Klaus Werner Iohannis, Vladimir Putin, Romênia, Rússia, Ucrânia, Estreito de Kerch, mar Negro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar