03:49 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Manifestantes contra o Brexit ao lado do prédio do Parlamento em Londres

    Varejistas alertam para aumento de preços de alimentos caso Brexit ocorra sem acordo

    © Sputnik / Justin Griffiths-Williams
    Europa
    URL curta
    203

    Varejistas de alimentos na Grã-Bretanha estão alertando para o aumento dos preços e uma possível escassez. O aviso foi feito em uma carta enviada aos parlamentares em que as empresas pedem que a saída da União Europeia seja feita com algum tipo de acordo.

    O McDonald's, o Sainsbury's e o Waitrose estavam entre os que disseram nesta segunda-feira (28) que estavam "extremamente preocupados" com as interrupções na cadeia de fornecimento de alimentos, já que quase um terço dos alimentos que os britânicos comem vem da União Europeia.

    A indústria diz que esta parte da indústria "será significativamente interrompida no caso de nenhum acordo", e que haverá pressão sobre os preços dos alimentos por conta de maiores custos de transporte, desvalorização da moeda e tarifas.

    A carta foi publicada na véspera de um dia chave para o acordo Brexit da primeira-ministra Theresa May. Amanhã, terça-feira (29), o Parlamento irá votar uma série de emendas que podem impedir que o divórcio entre o Reino Unido e o bloco europeu ocorra sem nenhum acordo. 

    Mais:

    Ministro britânico: Fracassar no Brexit levará a cisma no sistema político do Reino Unido
    Quem tem medo do Brexit?: Famílias britânicas gastam menos temendo recessão
    Brexit: Parlamento do Reino Unido rejeita plano de May para saída da União Europeia
    Boris Johnson: 'Cidadãos britânicos se sentirão traídos se Parlamento frustrar o Brexit'
    Líder Trabalhista revela estratégia para remover Theresa May e mudar curso do Brexit
    Tags:
    Theresa May, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar