13:17 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Rally Against Macedonia Name Change Deal in Athens

    Jornalista da Sputnik é ferido ao cobrir manifestação contra mudança de nome da Macedônia

    © Sputnik / Kostis Ntantamis
    Europa
    URL curta
    705
    Nos siga no

    Cerca de 60 mil pessoas participam de uma manifestação contra o acordo de mudança de nome Grécia-Macedônia na Praça Syntagma, em Atenas, informou a Polícia Grega neste domingo. Um fotógrafo da Sputnik foi ferido enquanto cobria o protesto.

    Kostis Dadamis, fotógrafo colaborador da Sputnik, foi levado ao hospital depois de ter sido ferido enquanto cobria o protesto contra o acordo de Prespa, um tratado de junho de 2018 entre a Grécia e a antiga República Iugoslava da Macedônia que concordou em renomear o segundo como a "República da Macedônia do Norte".

    Dadamis sofreu um golpe na cabeça e teve seu equipamento de câmera roubado, reportou a Sputnik Grécia. A identidade dos atacantes permanece desconhecida.

    Outro fotojornalista também teria ficado ferido nos protestos, que se tornaram violentos quando manifestantes entraram em confronto com a polícia de choque perto do Parlamento grego.

    A polícia de choque, equipada com escudos e cassetetes, lançou gás lacrimogêneo na multidão enquanto dezenas de manifestantes jogavam pedras, bombas, tinta e outros objetos na polícia e no prédio do Parlamento.

    Kostis Dadamis, fotógrafo colaborador da Sputnik, após ser ferido em protesto realizado em Atenas.
    © Foto / Eurokinissi
    Kostis Dadamis, fotógrafo colaborador da Sputnik, após ser ferido em protesto realizado em Atenas.

    Protestam já duram meses

    Os organizadores da manifestação esperavam que pelo menos 600 mil pessoas participassem da marcha. O protesto acontece uma semana depois do Parlamento da Macedônia ratificar uma emenda constitucional para renomear o país para "República da Macedônia do Norte".

    A medida foi tomada em 17 de junho, quando o acordo entre a Grécia e a antiga República Iugoslava da Macedônia foi assinado na cidade limítrofe de Prespa, na tentativa de resolver uma disputa de décadas relativa ao uso do nome "Macedônia". 

    No entanto, apesar do fato da ratificação do acordo resolver a disputa de longa data e permitir que a renomeada Macedônia aderisse à União Europeia e à OTAN, o acordo em Prespa enfrentou críticas tanto na Grécia quanto na Macedônia.

    Políticos gregos acreditam que o nome "macedônios" deveria ser reservado exclusivamente para aqueles que vivem na região grega da Macedônia, enquanto nacionalistas em Escópia acreditam que o acordo seja um golpe para a identidade nacional do país.

    Tags:
    Acordo de Prespa, Sputnik Grécia, União Europeia, OTAN, Kostis Dadamis, Escópia, Macedônia, Atenas, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar