00:12 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O graneleiro Kuzma Minin

    Autoridades do Reino Unido prendem navio de carga russo em porto britânico

    © AP Photo / Ben Birchall/PA
    Europa
    URL curta
    104
    Nos siga no

    O navio de carga seca pertence a uma companhia de navegação baseada em Murmansk, norte da Rússia.

    O graneleiro Kuzma Minin, anteriormente encalhado em águas rasas perto do porto britânico de Falmouth, no sudoeste do Reino Unido, foi apreendido pelas dívidas do dono do navio, disse o coordenador da Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes, Sergei Fishov.

    "De acordo com nossos registros, ele foi preso há uma semana. Atualmente, que eu saiba, o navio está localizado no Reino Unido e está preso por credores pelas dívidas do armador", disse ele.

    A operadora do navio, Empresa de Navegação de Murmansk, não comentou essa informação à Sputnik.

    Segundo Fishov, a Empresa de Navegação de Murmansk possui nove embarcações no exterior, e uma parte delas está apreendida.

    O Kuzma Minin, um navio graneleiro com deslocamento de 16.000 toneladas, foi removido pela Guarda Costeira britânica no mês passado depois de encalhar na costa da Cornualha em 18 de dezembro. Os mergulhadores verificaram que o casco da embarcação quase não sofreu danos no acidente, e, antes disso, a embarcação passou muito tempo ancorada no porto holandês de Terneuzen devido a uma disputa comercial entre os proprietários do navio e seus parceiros.

    Mais:

    Russia fornece à Venezuela banco de dados de manutenção de armas
    Made in Russia: capa de invisibilidade é criada para soldados e veículos militares
    Made in Russia: inauguração dos reatores da 1ª usina nuclear flutuante será em 2017
    Tags:
    navegação, dívida, navio, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar