11:43 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Prédio do Congresso dos EUA em Washington

    Democratas se recusam a participar do almoço na Casa Branca para acabar com paralisação

    © AP Photo / Susan Walsh
    Europa
    URL curta
    221
    Nos siga no

    Democratas do Congresso se recusaram a participar de um almoço de trabalho na Casa Branca para discutir o fim da paralisação do governo, disse a porta-voz Sarah Sanders em um comunicado à imprensa.

    "Hoje, o presidente ofereceu a democratas e republicanos a chance de se encontrarem para um almoço na Casa Branca. Infelizmente, nenhum democrata participará", disse Sanders no comunicado. "O presidente aguarda com expectativa um almoço de trabalho com os republicanos da Câmara para resolver a crise na fronteira e reabrir o governo".

    Sanders salientou que é hora de os democratas chegarem a um acordo.

    A paralisação do governo dos EUA no dia 25, quando os congressistas democratas e Trump continuam em desacordo sobre o orçamento federal. O presidente pede ao Congresso a aprovação de US$ 5,7 bilhões para a construção de um muro na fronteira sul do país com o México. Os democratas se recusam a fornecer os fundos.

    A proposta do governo Trump para o Congresso inclui tecnologia "de ponta" para detectar drogas, armas e outros contrabandos ilegais. O plano também pede contratação de mais agentes do CBP e juízes de imigração para processar o aumento acentuado da migração ilegal. Além disso, o documento contém um pedido urgente de assistência humanitária e médica.

    Além disso, o governo pede ao Congresso que feche as brechas de segurança nas fronteiras para que as crianças imigrantes ilegais possam voltar segura e humanamente para casa.

    Tags:
    Casa Branca, Congresso dos EUA, Sarah Huckabee Sanders, Estados Unidos, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar