13:48 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Navios da Marinha ucraniana passam pelo estreito de Kerch

    General revela que navios militares da Ucrânia tentarão atravessar estreito de Kerch

    © Foto : Courtesy of eyewitness
    Europa
    URL curta
    14421

    Nova tentativa de navios militares ucranianos de passar pelo estreito de Kerch será "mais preparada", declarou o veterano da inteligência ucraniana, tenente-general Vasily Bogdan, em entrevista ao jornal Fakty (Fatos).

    "Desta vez, os navios da OTAN e OSCE vão nos acompanhar. Já existem tais acordos", ressaltou general ucraniano.

    Bogdan se mostrou confiante ao dizer que Moscou vai ter que deixar os navios ucranianos atravessarem o estreito de Kerch, visto que ela mesma não quer "agravar a situação".

    Entretanto, o general ucraniano não conseguiu indicar a data concreta da passagem, assinalando que "tudo tem seu tempo".

    Provocação da Marinha da Ucrânia

    A última grande provocação do lado ucraniano teve lugar em 25 de novembro, quando três navios da Marinha ucraniana atravessaram a fronteira da Rússia, ignorando as exigências da Guarda Costeira russa. Todos os navios ucranianos foram apreendidos e as tripulações foram detidas. O lado russo abriu um processo criminal por violação da fronteira.

    Após o incidente, o parlamento ucraniano aprovou a imposição da lei marcial em 10 regiões da Ucrânia por 30 dias.

    Segundo o líder russo, a ação hostil ucraniana no mar Negro está associada à baixa popularidade do presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, nas vésperas das eleições.

    Mais:

    Avaliada na Ucrânia possibilidade de início de guerra contra Rússia
    Só extraterrestres podem ajudar Ucrânia a passar para mar de Azov, segundo senador russo
    Ucrânia é 'maior problema' do mundo, segundo o ex-presidente tcheco
    Mídia americana considera Força Aérea da Ucrânia uma das piores do mundo
    Tags:
    navios, passagem, OSCE, OTAN, Ucrânia, estreito de Kerch
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar