21:24 18 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1317
    Nos siga no

    A França pediu nesta sexta-feira ao Irã que pare imediatamente todas as atividades ligadas a mísseis balísticos que podem transportar armas nucleares, depois que Teerã anunciou que poderia colocar dois satélites em órbita nas próximas semanas.

    "A França lembra que o programa de mísseis iranianos não está em conformidade com a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU", informou Agnes von der Muhll, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, a repórteres.

    "[A França] apela ao Irã para que cesse imediatamente todas as atividades relacionadas a mísseis balísticos destinadas a transportar armas nucleares, incluindo testes usando tecnologia de mísseis balísticos", complementou.

    Von der Muhll estava respondendo aos comentários do presidente iraniano Hassan Rouhani na quinta-feira, que disse que dois satélites seriam enviados ao espaço usando mísseis feitos pelo Irã.

    Nesta semana, o chanceler iraniano Mohammed Javad Zarif garantiu que o Irã não viola a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU ao fazer esses lançamentos.

    De 2009 a 2015, o Irã conseguiu colocar quatro satélites em órbitas com a ajuda dos portadores Safir e de 2016 a 2017 realizou dois lançamentos experimentais de operadoras Simorgh.

    Mais:

    Irã não respeitará 'sanções ilegais' dos EUA, diz ministro do Petróleo
    Holanda acusa Irã por assassinatos em seu território e prega sanções pela UE
    Retirada dos EUA da Síria não muda a estratégia contra o Irã, diz Pompeo
    Tags:
    Irã, França, Agnes von der Muhll, Hassan Rouhani, Mohammed Javad Zarif, Conselho de Segurança da ONU, satélites, mísseis balísticos, armas nucleares, sanções, Resolução 2231
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar