13:48 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    A380 da Emirates aterrissando no Aeroporto Internacional de Dallas/Fort Worth, no Texas (arquivo)

    VÍDEO demonstra turbulenta aterrissagem do maior avião comercial do mundo

    © AP Photo / Brandon Wade
    Europa
    URL curta
    183
    Nos siga no

    As imagens mostram o pouso da maior aeronave de passageiros do mundo, o A380 da Emirates, em meio a ventos fortes no Aeroporto de Birmingham, na Inglaterra.

    De acordo com o Daily Mail, alguns minutos antes da aterrissagem mostrada na gravação, a aeronave A320 da companhia aérea EasyJet também tentou pousar, mas acabou desistindo e indo para outro aeroporto.

    "O Easyjet A320 simplesmente não tentou novamente e desviou. Este foi um dia em que o vento ficou mais forte à medida que se movia em direção ao vento […] A pista estava encharcada minutos antes, a avalanche de pressão reversa limitava o desempenho do gigante da Emirates!", disse o autor do vídeo.

    Para os pilotos nervosos, aterragens com vento cruzado podem ser aterrorizantes, mas os pilotos recebem treinamento completo sobre como realizá-las.

    Na aproximação com a pista, os pilotos tentam colocar o avião de lado para manter o nariz alinhado com a pista — uma técnica conhecida como "pouso de caranguejo".

    "Instruções são dadas antes de todas as abordagens para garantir que ambos os pilotos entendam o tipo de abordagem, qual é a divisão de tarefas e quaisquer considerações especiais", conclui Dai Whittingham, chefe-executivo do Comitê de Segurança de Voo do Reino Unido.

    Mais:

    Avião com 164 passageiros pousa duro e pega fogo na Rússia (VÍDEO)
    Voo da linha aérea francesa pousa com sucesso após ter comunicado emergência
    Depois de emergência em voo, F-35 pousa de nariz na Flórida (FOTO)
    Ave enorme pousa sobre cabeça de jovem e causa polêmica nas redes sociais (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    rajadas de vento, aterrisagem, pouso, avião, aviação civil, A320, EasyJet, Emirates, Birmingham, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar