22:30 23 Janeiro 2019
Ouvir Rádio
    Helicóptero Airbus Tiger em Varsóvia, Polônia.

    Polônia assume patrulhamento aéreo no Báltico

    © AP Photo / Czarek Sokolowski
    Europa
    URL curta
    220

    A Polônia assumiu a missão da OTAN de proteger o espaço aéreo no Báltico em substituição à Bélgica, de acordo com um comunicado publicado no site da Aliança Atlântica.

    A cerimônia de transferência da missão à Força Aérea polonesa foi realizada nesta quinta-feira na base aérea da Lituânia, em Siauliai.

    A Polônia liderará a missão da OTAN durante os primeiros quatro meses de 2019.

    Além de aeronaves polonesas na missão participarão de caças alemães Eurofighter, posicionados na base aérea de Amari, na Estônia.

    Os países do Báltico não têm aviões que sirvam para realizar missões de patrulhamento aéreo. Assim, desde abril de 2004, após a entrada deles na OTAN, a proteção do espaço aéreo está a cargo dos países do bloco militar.

    Mais:

    Bielorrússia considera a implantação de base dos EUA na Polônia como ameaça
    França é o 'homem doente da Europa' hoje, ataca ministro da Polônia
    Mídia: Rússia usaria base americana na Polônia para aumentar seu poder militar
    Tags:
    segurança, defesa, patrulhamento, eurofighter, OTAN, Lituânia, Estônia, Países Bálticos, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik