10:28 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestantes construir uma barricada durante um protesto de coletes amarelos (Gilets jaunes) contra o aumento dos preços do petróleo e os custos de vida, em 1 de dezembro de 2018 em Paris.

    Macron clama por 'ordem e calma' na França após mais um protesto dos coletes amarelos

    © AFP 2019 / Abdulmonam Eassa
    Europa
    URL curta
    522
    Nos siga no

    O presidente francês, Emmanuel Macron, pediu neste domingo que se estabelecesse a "ordem e o acordo" no país em meio a outra onda de manifestações dos chamados "coletes amarelos".

    "Chegou a hora de a ordem, a calma e a harmonia prevalecerem no país. Nosso país precisa disso, precisa de acordo, união e compromisso sincero com importantes objetivos comuns. É necessário eliminar as diferenças existentes", disse Macron à emissora BFMTV.

    Em viagem ao Chade, o presidente enfatizou que esteve constantemente em contato com o ministro do Interior da França, que acompanhou de perto o curso dos protestos de sábado. Segundo os dados mais recentes, a polícia francesa deteve pelo menos 220 pessoas durante as manifestações em todo o país.

    A onda dos chamados protestos dos coletes amarelos — nomeados à semelhança do atributo obrigatório dos motoristas franceses — começou em meados de novembro. Enquanto o governo francês desmantelou o aumento nos impostos sobre o diesel, responsável por desencadear  inicialmente os protestos — as manifestações evoluíram para um movimento mais amplo contra várias políticas governamentais e aumento dos custos de vida. Os protestos foram marcados por violentos confrontos entre manifestantes e a polícia.

    Tags:
    coletes amarelos, BFMTV, Emmanuel Macron, Chade, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar