00:02 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Charles Michel, primeiro-ministro da Bélgica

    Primeiro-ministro belga anuncia renúncia

    © Sputnik / Alekseï Vitvitski
    Europa
    URL curta
    3140

    O primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, renunciou ao seu governo nesta terça-feira depois da saída do maior partido de sua coalizão em razão de seu apoio ao pacto global das Nações Unidas sobre a migração, informou a Associated Press.

    Charles Michel, do partido liberal Movimento Reformador (MR), disse a parlamentares do seu país que estava "tomando a decisão de oferecer minha renúncia. Agora irei ver o rei" para informá-lo, conforme citado pela AP. 

    "Bélgica se afunda na crise política. O primeiro-ministro conservador Charles Michel apresentará sua renúncia e a de seu governo ao rei dos belgas, nesta terça-feira à noite (Le Soir)."

    Nos últimos dias, inspirados pelo movimento dos "Coletes Amarelos" da França, ​vários grupos de trabalhadores belgas foram às ruas para protestar contra medidas de austeridade adotadas pelo governo de Michel, incluindo cortes no orçamento destinado a serviços públicos.

    Mais:

    Bannon e Le Pen participam de encontro anti-imigração na Bélgica
    Tags:
    coletes amarelos, Movimento Reformador (MR), Charles Michel, Bruxelas, Bélgica, Europa, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar