20:12 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    181618
    Nos siga no

    O secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, anunciou que 3.500 militares estarão de prontidão "para o caso de um Brexit sem acordo".

    Como Williamson explicou durante um bate-boca com o deputado trabalhista Will Quince na Câmara dos Comuns, o Ministério da Defesa não recebeu "nenhum pedido formal de qualquer departamento do governo" sobre o uso de pessoal militar no caso de um Brexit sem acordo.

    "Mas o que estamos fazendo é colocar em prática planos de contingência, e o que faremos é ter 3.500 funcionários em prontidão, incluindo [militares] regulares e reservas, a fim de apoiar qualquer departamento do governo em quaisquer contingências que possam precisar", disse ele, citado pelo jornal The Guardian.

    Na terça-feira, o Gabinete do Reino Unido concordou em intensificar os esforços para se preparar para um cenário de um Brexit sem acordo. O secretário do Brexit, Steve Barclay, afirmou à ocasião que "a prioridade do governo continua ser  garantir um acordo", mas que por questão de responsabilidade, a premiê Theresa May também está se preparando para o pior.

    Tags:
    Brexit, The Guardian, Steve Barclay, Will Quince, Gavin Williamson, Theresa May, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar