03:26 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sede do Conselho Europeu em Bruxelas

    UE prorroga sanções econômicas contra Rússia por mais 6 meses

    © AP Photo / Michel Euler, File
    Europa
    URL curta
    10113
    Nos siga no

    Europa prorroga sanções adotadas contra a Rússia em 2014 a cada seis meses.

    Os líderes dos países da UE, reunidos na cúpula de Bruxelas, decidiram estender as sanções econômicas contra a Rússia por mais seis meses, informou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

    "A UE, de forma unânime, prorroga as sanções econômicas contra a Rússia, levando em conta a ausência de progresso na implementação dos acordos de Minsk", escreveu Tusk em sua conta no Twitter.

    ​As autoridades do bloco relacionam a prorrogação das sanções contra a Rússia ao cumprimento dos acordos de Minsk. A cada seis meses, França e Alemanha apresentam um relatório para a liderança europeia sobre o tema, antes do Conselho Europeu tomar a decisão de aprovar ou não a prorrogação das sanções para os próximos seis meses. 

    No dia 5 de julho deste ano, o Conselho Europeu também decidiu prorrogar as sanções contra a Rússia até 31 de janeiro de 2019. As medidas atingem os setores financeiro, de energia e da defesa da Rússia. As sanções foram adotadas pela primeira vez em 21 de julho de 2014, com prazo de um ano, e se tornaram mais rigorosas em setembro de 2014.

    Mais:

    França e Alemanha rejeitam sanções contra Rússia por incidente em Kerch, diz jornal
    Desejo falho dos EUA: como sanções anti-iranianas podem vir a beneficiar Rússia
    Departamento de Estado: EUA vai impor novas sanções contra a Rússia pelo caso Skripal
    Sanções aplicadas à Rússia acarretam consequência imprevisível, diz ex-líder francês
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar