06:08 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de mísseis terra-ar S-125 (imagem referencial)

    Ucrânia anuncia teste bem-sucedido de novos mísseis de cruzeiro

    © Sputnik / Mikhail Fomichev
    Europa
    URL curta
    779

    O chefe do Conselho de Segurança e Defesa Nacional da Ucrânia, Aleksandr Turchinov, falou sobre testes bem-sucedidos dos novos mísseis de cruzeiro que deverão reforçar as defesas costeiras nos mares Negro e de Azov.

    De acordo com Turchinov, na quarta-feira (5) na região de Odessa foram testados novos mísseis de cruzeiro ucranianos capazes de atingir alvos a uma distância de 280 quilômetros. Além disso, foi "elaborado um sistema de defesa costeira com ajuda do sistema de mísseis modernizado S-125".

    Segundo Aleksandr Turchinov, o objetivo principal dos mísseis de cruzeiro foi a verificação do alcance e a pontaria dos alvos de superfície. Além disso, os resultados desses exercícios mostraram a eficácia do S-125 modernizado.

    "Foram realizados oitos lançamentos, durante os quais oito alvos de superfície foram destruídos. Isso é um bom resultado, o que prova que estes sistemas modernizados são capazes de garantir uma proteção sólida contra a agressão proveniente do ar e do mar, e reforçar significativamente a defesa costeira das costas do mar Negro e do mar de Azov", disse Turchinov citado pela assessoria de imprensa da entidade. 

    Ainda com a entidade militar ucraniana, após analisar os testes, Turchinov realizou uma reunião com os fabricantes de mísseis e os líderes militares da Ucrânia "para priorizar os reforços da proteção da região dos mares Negro e de Azov".

    Na terça-feira (27), um tribunal russo ordenou a prisão preventiva de 15 dos 24 marinheiros ucranianos detidos pela guarda fronteiriça russa. Na segunda-feira (26), o parlamento ucraniano aprovou a introdução da lei marcial em algumas regiões do país por 30 dias.

    No dia 25 de novembro, três navios da Marinha Ucraniana (Berdyansk, Nikopol e Yany Kapu), juntamente com suas tripulações, foram detidos por violarem a fronteira nacional da Rússia, infringindo os artigos 19 e 21 da Convenção da ONU sobre o direito marítimo.

    Mais:

    EUA visam transformar Ucrânia em novo foco de tensão, diz deputado russo
    Ucrânia convoca reservistas para treinamentos por 20 dias
    Especialista comenta chances de OTAN enviar navios ao mar Negro em apoio à Ucrânia
    Tags:
    defesa costeira, mísseis de cruzeiro, modernização, Aleksandr Turchinov, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik