17:04 09 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militares ucranianos realizam treinamentos em praia de mar de Azov (foto de arquivo)

    Ucrânia realiza exercícios militares no mar de Azov

    © AP Photo / Evgeny Maloletka
    Europa
    URL curta
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (53)
    718

    Forças de segurança ucranianas realizaram exercícios nas águas do mar de Azov, informou o serviço de imprensa da sede de operação das forças conjuntas da Ucrânia na página do Facebook.

    "A aviação de assalto e do exército simularam um ataque aéreo inimigo contra as unidades que efetuam a proteção da costa. Os operadores [dos sistemas autopropulsados de defesa antiaérea] ZSU-23-4 Shilka, BM Strela-10M, dos sistemas móveis de mísseis antiaéreos e dos canhões automáticos ZU-23 destruíram os alvos aéreos", foi informado na coletiva de imprensa.

    É enfatizado que o objetivo do exercício é melhorar as habilidades de controle de fogo durante operações de aeronaves inimigas em baixas altitudes.

    A Ucrânia conduz regularmente exercícios na região do mar de Azov, a última vez isso aconteceu em 23 de novembro. Na Crimeia, essas manobras foram chamadas de provocação, destinadas a levar a Rússia a uma ação militar.

    Os exercícios ocorreram após o incidente no mar Negro, o que agravou ainda mais as relações entre Kiev e Moscou. O presidente russo, Vladimir Putin, chamou o incidente no estreito de Kerch de provocação e, ao mesmo tempo, Putin salientou que os guardas fronteiriços russos cumpriram sua obrigação de proteger a fronteira nacional.

    Na segunda-feira (26), após o incidente com navios ucranianos no estreito de Kerch, a Suprema Rada (parlamento ucraniano) aprovou a imposição da lei marcial por um prazo de 30 dias, abrangendo diferentes partes do país — decisão que já havia sido apoiada pelo presidente ucraniano Pyotr Poroshenko.

    Em 25 de novembro, três navios da Marinha ucraniana, Berdyansk, Nikopol e Yany Kapu, violando os artigos 19 e 21 da Convenção da ONU sobre o direito marítimo, ao cruzar a fronteira da Rússia. Os navios realizaram manobras perigosas durante várias horas sem reagir às exigências das embarcações russas que os acompanhavam.

    Navios ucranianos e 24 marinheiros foram detidos. Durante o incidente, três militares ucranianos ficaram levemente feridos. Eles receberam assistência médica e não correm risco de vida. A Rússia abriu um processo criminal por violação fronteiriça.

    Tema:
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (53)

    Mais:

    Putin sobre incidente no estreito de Kerch: foi uma provocação organizada por Poroshenko
    Que objetivo perseguia avião dos EUA sobrevoando estreito de Kerch?
    Tags:
    inimigo, exercício militar, lei marcial, Pyotr Poroshenko, Vladimir Putin, Crimeia, estreito de Kerch, Moscou, mar Negro, mar de Azov, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik