21:13 19 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (55)
    718
    Nos siga no

    Forças de segurança ucranianas realizaram exercícios nas águas do mar de Azov, informou o serviço de imprensa da sede de operação das forças conjuntas da Ucrânia na página do Facebook.

    "A aviação de assalto e do exército simularam um ataque aéreo inimigo contra as unidades que efetuam a proteção da costa. Os operadores [dos sistemas autopropulsados de defesa antiaérea] ZSU-23-4 Shilka, BM Strela-10M, dos sistemas móveis de mísseis antiaéreos e dos canhões automáticos ZU-23 destruíram os alvos aéreos", foi informado na coletiva de imprensa.

    É enfatizado que o objetivo do exercício é melhorar as habilidades de controle de fogo durante operações de aeronaves inimigas em baixas altitudes.

    A Ucrânia conduz regularmente exercícios na região do mar de Azov, a última vez isso aconteceu em 23 de novembro. Na Crimeia, essas manobras foram chamadas de provocação, destinadas a levar a Rússia a uma ação militar.

    Os exercícios ocorreram após o incidente no mar Negro, o que agravou ainda mais as relações entre Kiev e Moscou. O presidente russo, Vladimir Putin, chamou o incidente no estreito de Kerch de provocação e, ao mesmo tempo, Putin salientou que os guardas fronteiriços russos cumpriram sua obrigação de proteger a fronteira nacional.

    Na segunda-feira (26), após o incidente com navios ucranianos no estreito de Kerch, a Suprema Rada (parlamento ucraniano) aprovou a imposição da lei marcial por um prazo de 30 dias, abrangendo diferentes partes do país — decisão que já havia sido apoiada pelo presidente ucraniano Pyotr Poroshenko.

    Em 25 de novembro, três navios da Marinha ucraniana, Berdyansk, Nikopol e Yany Kapu, violando os artigos 19 e 21 da Convenção da ONU sobre o direito marítimo, ao cruzar a fronteira da Rússia. Os navios realizaram manobras perigosas durante várias horas sem reagir às exigências das embarcações russas que os acompanhavam.

    Navios ucranianos e 24 marinheiros foram detidos. Durante o incidente, três militares ucranianos ficaram levemente feridos. Eles receberam assistência médica e não correm risco de vida. A Rússia abriu um processo criminal por violação fronteiriça.

    Tema:
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (55)

    Mais:

    Putin sobre incidente no estreito de Kerch: foi uma provocação organizada por Poroshenko
    Que objetivo perseguia avião dos EUA sobrevoando estreito de Kerch?
    Tags:
    inimigo, exercício militar, lei marcial, Pyotr Poroshenko, Vladimir Putin, Crimeia, estreito de Kerch, Moscou, mar Negro, mar de Azov, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar