03:36 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Marine Le Pen, candidata presidencial francesa

    Le Pen culpa governo francês por violência em protestos dos 'coletes amarelos'

    © AFP 2018 / Charly Triballeau
    Europa
    URL curta
    341

    Marine Le Pen, líder do partido Protesto Nacional Francês, disse neste sábado (24) que o governo francês é responsável pelo aumento da violência nas manifestações em Paris.

    A violência teve início na avenida Champs-Elysées, um dos dos endereços mais famosos da França, ainda no início do dia, quando a polícia entrou em confronto com manifestantes que supostamente queriam chegar ao Palácio do Eliseu, próximo dali.

    Alguns manifestantes cantaram o hino nacional francês e outros carregavam faixas com frases pedindo a renúncia do presidente da França, Emmanuel Macron.

    O ministros do Interior da França, Chritophe Castaner, culpou Le Pen por incitar os manifestantes de ultra-direita a irem à Champs-Elysées. Ao que a líder da direita francesa respondeu:

    "Ele [Castaner] é responsável [pela violência], é a estratégia de tensão usada pelo governo na semana passada, que quer […] demonizar os 'coletes amarelos'", disse Le Pen à emissora local BFMTV.

    Manifestantes participam da ação dos coletes amarelos em Vendenheim, na França, em 17 de novembro
    © AFP 2018 / Frederick FLORIN
    Manifestantes participam da ação dos "coletes amarelos" em Vendenheim, na França, em 17 de novembro

    Ela ainda negou ter encorajado os protestos em Paris, dizendo que a violência deve cessar, pois poderia colocar em descrédito um "movimento legítimo".

    Segundo Castaner, cerca de 23 mil pessoas participaram de manifestações em toda a França neste sábado (24), que marcou o segundo fim de semana dos protestos contra o aumento dos combustíveis.

    O preço do diesel na França subiu cerca de 23% este ano, enquanto o preço da gasolina subiu 15%. Os preços devem continuar subindo em janeiro.

    Mais:

    Melhores fotos da semana em que 'coletes amarelos' paralisaram movimento por toda a França
    França impõe proibições de viagens a 18 sauditas por morte de Khashoggi
    Pelo menos 227 pessoas ficam feridas durante protestos na França
    Cerca de 130 mil pessoas protestam nas ruas da França, há feridos, 1 pessoa morreu
    Tags:
    protestos, coletes amarelos, Marine Le Pen, Chritophe Castaner, Paris, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik