04:06 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Tanques ucranianos na região de Donbass

    Forças ucranianas reposicionam armas pesadas na fronteira com Donbass, diz Lugansk

    © AP Photo / Irina Gorbaseva
    Europa
    URL curta
    6411

    Forças ucranianas pretendem reposicionar seus equipamentos militares na fronteira com Donbass, segundo o chefe interino da direção da Milícia Popular da autoproclamada República Popular de Lugansk, Mikhail Filiponenko.

    Em fevereiro de 2015, as partes em conflito assinaram os acordos de paz de Minsk para acabar com os combates na região, mas a situação permaneceu tensa.

    Segundo Filiponenko, equipamentos militares camuflados foram avistados nas proximidades da fronteira e o acesso de moradores locais à zona foi bloqueado. Além disso, as forças de Lugansk encontraram equipamentos militares nas regiões de Novozvanovka, Luganskoe, Orekhovo e Novoaleksandrovka.

    Nessas regiões, um pelotão de tanques, duas baterias de morteiros de calibre 120 e 82 mm e dois pelotões de obuseiros de calibre 152 e 122 mm permanecem no local com abastecimento de munições organizado de maneira contínua, confirma o Ministério da Defesa de Lugansk.

    Entre os equipamentos localizados na região fronteiriça há 5 lança-foguetes Grad, 16 obuseiros, 6 peças autopropulsadas Akatsiya, 20 morteiros, 8 canhões antitanque e 12 tanques.

    Em 2014, as autoridades ucranianas iniciaram uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e de Lugansk, que declararam independência depois do golpe de Estado que ocorreu na Ucrânia em 2014.

    Mais:

    Ucrânia 'conta as perdas' após lançamento do gasoduto Turkish Stream
    Ucrânia: existe perigo de uma 'grande guerra' com Rússia
    Provocações podem levar a uma catástrofe na Ucrânia, diz político da Crimeia
    Tags:
    mísseis, tanques, veículos militares, veículos de combate, equipamentos militares, Donbass, Lugansk, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik