16:48 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia de Atenas durante um protesto na capital grega (arquivo)

    Polícia prende manifestantes gregos e estrangeiros durante protesto em Atenas

    © AP Photo / Petros Giannakouris
    Europa
    URL curta
    0 20

    A polícia grega deteve 19 pessoas, incluindo cidadãos estrangeiros, por participação em um protesto considerado violento na cidade de Atenas, informou a mídia local neste domingo.

    No último sábado, foi celebrado na Grécia o aniversário da revolta estudantil de 1973. De acordo com o portal Skai, as detenções estariam ligadas a atos de vandalismo praticados no Instituto Politécnico, onde dezenas de bancos, cadeiras e janelas foram quebrados e muitos extintores de incêndio foram danificados.

    Nos arredores da instituição, grandes áreas de pavimentação teriam sido também destruídas, enquanto dezenas de latas de lixo foram queimadas.

    Entre os manifestantes detidos estariam ao menos quatro estrangeiros: dois menores, da Palestina e da Romênia, e dois adultos na faixa dos 30 anos, da Albânia e do Afeganistão.

    Fontes locais afirmaram que os protestos começaram por volta das 19h no distrito de Exarchia, onde o instituto está localizado. Grupos anarquistas colocaram fogo em lixeiras e jogaram pedras e coquetéis Molotov contra a polícia, que respondeu com gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral.

    Mais:

    Confrontos entre tropas israelenses e manifestantes palestinos resultam em mortes de civis
    Homem-bomba se explode no meio de multidão de manifestantes no Afeganistão (FOTO)
    Dezenas de manifestantes contra reforma da Previdência são detidos em São Petersburgo
    Manifestantes no Iraque incendeiam consulado do Irã e fazem reféns
    Tags:
    manifestação, protesto, Romênia, Palestina, Afeganistão, Albânia, Atenas, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik