21:06 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Parada militar no Dia do Exército da Polônia

    Nova divisão de infantaria na fronteira da Polônia custará US$ 7 bilhões

    © AP Photo / Alik Keplicz
    Europa
    URL curta
    826

    Mais de US$ 7 bilhões serão gastos pelo governo polonês para a criação de uma nova divisão mecanizada de infantaria próxima da fronteira oriental do país, afirmou a mídia local nesta quinta-feira (15).

    A 18ª divisão mecanizada atingirá total condição de combate em 2026 e o custo total de sua formação deve chegar a 27 bilhões de zlotys, cerca de US$ 7,13 bilhões, ao longo de 10 anos. As informações foram divulgadas pelo portal Defence24 citando o Ministério da Defesa da Polônia.

    O comando da nova divisão ficaria localizado na cidade de Siedlce, a cerca de 88,55 km a leste da capital Varsóvia.

    O vice-ministro de Defesa da Polônia, Wojciech Skurkiewicz, disse durante uma reunião recente da comissão de Defesa do parlamento polonês que a nova divisão incluiria comando, batalhão de controle, duas brigadas mecanizadas e uma brigada de blindados, assim como um batalhão de reconhecimento e regimentos de defesa aérea e logística.

    Ele também ressaltou que a criação de uma nova divisão seria motivada pela necessidade de fortalecimento do, assim chamado, "flanco oriental" e "garantir a segurança na área de operações direcionais historicamente formadas".

    De acordo com o Ministério da Defesa da Polônia, o quartel-general da divisão será formada até o final deste ano. Uma nova brigada mecanizada e um regimento de comando serão formados até 2022, e as unidades restantes virão até 2026.

    Em tempos de paz, a divisão terá 7,8 mil tropas, incluindo 750 oficiais, 2.160 oficinais não comissionados e 4.869 privados.

    O comandante da nova divisão, o general Jaroslaw Gromadzinski, disse que a metade do quartel-general já foi formado e que até o final deste ano o processo deve atingir 80% de sua formação.

    Mais:

    Polônia e EUA fortalecem cooperação no setor energético
    OTAN começa exercícios militares Anakonda 2018 na Polônia
    Minsk e Moscou responderão se Polônia albergar base dos EUA, diz presidente bielorrusso
    'Rússia é uma ameaça': Polônia quer mais tropas permanentes dos EUA no país
    Tags:
    investimento militar, militar, Defence24, Ministério da Defesa da Polônia, Jaroslaw Gromadzinski, Wojciech Skurkiewicz, Varsóvia, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik