16:49 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Tropas norte-americanas passam através Alemanha para Leste Europeu

    Após críticas de Trump, EUA reforçam apoio à OTAN diante de possível exército europeu

    © AP Photo / Ingo Wagner
    Europa
    URL curta
    576

    Os Estados Unidos não querem ver o enfraquecimento da OTAN em meio a apelos europeus para a criação de um exército independente, disse Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, a repórteres em uma coletiva de imprensa.

    No início de novembro, o presidente francês Emmanuel Macron pediu o estabelecimento de um exército da União Europeia (UE) que seria independente dos Estados Unidos.

    "Isso é algo importante — aliança da OTAN com o governo dos EUA e com muitos outros — e achamos que o que deve ser feito não deve tirar os esforços da OTAN. Essa é uma entidade sustentada que o governo dos Estados Unidos e muitos outros apoiaram por muitos anos, e por isso não queremos o enfraquecimento da OTAN", afirmou Nauert nesta terça-feira.

    A proposta de Macron ganhou o apoio da chanceler alemã Angela Merkel, que pediu que seja criado um exército europeu "real e verdadeiro".

    "Devemos trabalhar em uma visão de um dia estabelecer um verdadeiro exército europeu", declarou Merkel durante um discurso aos eurodeputados no Parlamento Europeu em Estrasburgo na segunda-feira.

    De Washington, Heather Nauert acrescentou que o principal diplomata dos EUA, Mike Pompeo, se reuniu com o ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, durante o fim de semana para discutir a cooperação franco-americana nos desafios de segurança global e no fortalecimento da OTAN.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, reiterou na terça-feira suas críticas à proposta de Macron e reprovou a Europa mais uma vez por sua relutância em cumprir compromissos financeiros dentro da OTAN.

    Na sexta-feira, Trump já havia lançado um ataque contra Macron, chamando a sugestão do presidente francês de estabelecer um exército pan-europeu de "insultuosa". O presidente dos EUA também insistiu que a Europa cumprisse suas obrigações financeiras dentro da OTAN.

    No sábado, Macron reconheceu em uma reunião com Trump que a Europa deveria aumentar seus gastos com defesa dentro da OTAN e pediu que outros países membros da OTAN aumentem seus gastos nacionais em defesa, seguindo o exemplo da França, que adotou um plano para elevar o orçamento de defesa do país em 2% do PIB.

    Mais:

    Trump diz que ideia de Macron sobre exército europeu é 'muito insultante'
    Macron e Merkel fortalecem união em evento pelo centenário da Primeira Guerra Mundial
    Macron propõe fortalecimento da parceria estratégica entre Europa, Rússia e Turquia
    Tags:
    exército, segurança, defesa, diplomacia, relações bilaterais, gastos militares, OTAN, Jean-Yves Le Drian, Mike Pompeo, Angela Merkel, Heather Nauert, Donald Trump, Emmanuel Macron, Estados Unidos, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik