16:56 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Ministro da Economia e das Finanças da França, Bruno Le Maire, 1 de setembro de 2017

    Europa deve se tornar um 'império', diz ministro da França

    © AP Photo / Christophe Ena
    Europa
    URL curta
    12120

    O ministro da Economia e Finanças da França, Bruno Le Maire, afirmou em entrevista ao jornal Handelsblatt que a Europa deve se tornar um "império", semelhante aos Estados Unidos e à China.

    "A Europa não deve mais temer usar seu poder", disse o ministro, adicionando que o "império" deve ser pacífico e baseado nos princípios do Estado de direito.

    Le Maire comentou a necessidade de proteger a União Europeia das sanções "ilegais" dos EUA ao Irã e afirmou que é preciso coragem para "atravessar o caminho do governo de Donald Trump".

    "O ponto aqui é dizer claramente aos EUA: somos um continente soberano que decide com quem negociar", falou o ministro francês.

    Previamente, o presidente da França, Emmanuel Macron, ressaltou que a Europa enfrenta inúmeras tentativas de interferência em seus processos democráticos internos e no ciberespaço e propôs a criação de um "exército europeu" independente de Washington. A iniciativa foi classificada como "muito ofensiva" pelo líder norte-americano, Donald Trump.

    Políticos europeus propõem regularmente a criação de um único exército da União Europeia. Por exemplo, o comissário europeu de Economia Digital e Sociedade, Gunther Oettinger, afirmou que sonhava com um exército "que é conjuntamente responsável pela manutenção da democracia, direitos humanos e liberdade na Europa e missões estrangeiras".

    Após a saída americana do acordo nuclear iraniano em maio de 2018, Trump aplicou e restaurou várias sanções contra o Irã. Apesar disso, os países europeus enfatizaram que pretendem continuar cumprindo os termos do documento e cooperar com Teerã.

    Outras medidas restritivas dos EUA, que atingiram as exportações de petróleo, entraram em vigor no dia 5 de novembro, em que os Estados que continuarem a fazer negócios com o país árabe, correrem o risco de sofrer sanções secundárias.

    Mais:

    Kremlin: Rússia e Europa preocupadas com destino do Tratado INF
    Trump quer uma 'Europa forte', mas compartilhando mais os custos de defesa
    Macron adverte sobre possível repetição da situação pré-Segunda Guerra Mundial na Europa
    Diplomata russo: OTAN retorna Europa à época da Guerra Fria e provoca corrida armamentista
    Tags:
    bloco continental, união de defesa europeia, império, poder, União Europeia, Bruno Le Maire, Emmanuel Macron, Europa, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik