17:04 09 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militares da OTAN dirigindo-se para a Noruega a fim de participar das manobras Trident Juncture 2018

    Maiores manobras militares da OTAN desde Guerra Fria deixam rastros desagradáveis

    © REUTERS / Piroschka van de Wouw
    Europa
    URL curta
    15274

    Os exercícios da OTAN de grande escala Trident Juncture 2018 deixaram uma série de consequências desagradáveis para os cidadãos da Noruega, país onde foi realizada a fase principal das manobras, entre 25 de outubro e 7 de novembro.

    Foram as maiores manobras organizadas pela Noruega desde o fim da Guerra Fria e o maior evento da OTAN em décadas, com a participação de 50.000 militares de 31 países, aproximadamente 10.000 unidades de equipamento bélico e 250 aviões.

    Durante esses exercícios, os residentes do país apresentaram cerca de 400 queixas às autoridades militares, na tentativa de atrair a atenção para o comportamento indigno dos militares, informou o canal NRK.

    Em particular, os vizinhos se queixaram da presença de excrementos humanos em lugares públicos. Tropas suecas e norte-americanas foram vistas aliviando-se perto de infantários, escolas e instalações esportivas.

    Exercícios conjuntos das tropas aerotransportadas da Rússia, Bielorrússia e Sérvia na região de Krasnodar, 2015
    © Sputnik / Nikolai Khizhnyak
    A responsável ambiental das Forças Armadas norueguesas durante os exercícios da OTAN, Marianne Bo, lamentou o ocorrido: "É terrível, precisamos ter decência. Tivemos que limpar depois que os militares fizeram suas necessidades".

    Outras queixas vieram de fazendeiros que estavam zangados com os danos causados às propriedades pelos veículos blindados

    A Noruega não foi o único país afetado pelos exercícios. Na Islândia, cerca de 7.000 militares estadunidenses que se dirigiam ao Trident Juncture deixaram os bares de diversas localidades praticamente sem estoques em apenas um fim de semana. Segundo às queixas, os militares sedentos estavam especialmente interessados em provar as bebidas locais.

    Além disso, as estradas escorregadias da Noruega fizeram com que vários veículos da OTAN colidissem ou saíssem fora das estradas. Os acidentes envolveram tropas norte-americanas, suecas e italianas. Eles não causaram vítimas fatais, mas interromperam o tráfico e exigiram a mobilização de ambulâncias para transportar os feridos.

    Mais:

    Raríssima FOTO de Hitler abraçando menina judia vai à leilão nos EUA
    EUA esperam que Rússia se mantenha 'permissiva' quanto a ataques de Israel na Síria
    Bombardeio da coalizão liderada pelos EUA mata 26 civis na Síria
    Porto iraniano de Chabahar seria nova pedra no sapato dos EUA?
    Tags:
    Trident Juncture 2018, EUA, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik