12:11 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da União Europeia

    Parlamentar: Balcãs vão impulsionar comércio e desenvolvimento econômico se aderirem à UE

    © REUTERS / Jon Nazca/File Photo
    Europa
    URL curta
    121

    A adesão dos Estados dos Bálcãs à União Europeia promoverá o desenvolvimento econômico e a integração da Europa, disse o membro sênior da Delegação do Parlamento da UE, Igor Soltes, à Sputnik nesta quarta-feira.

    "Isso seria e será benéfico para ambas as partes, pois melhoraria o comércio e a cooperação e integração globais, o desenvolvimento econômico e ligaria a Europa como um todo", afirmou o vice-presidente da Delegação do Parlamento Europeu à Estabilização UE-Sérvia, Igor Soltes comentando sobre a adesão da Sérvia e dos vizinhos balcânicos à UE.

    O parlamentar observou que a Sérvia já estava no caminho de se integrar à União Europeia e as perspectivas de adesão ao bloco são positivas.

    "Eles já fecharam vários capítulos e tenho certeza de que, se continuarem nesse ritmo, poderão se juntar à UE dentro de alguns anos", acrescentou Soltes.

    Soltes também expressou esperança de que o diálogo entre a Sérvia e o Kosovo continue de maneira positiva. Ele enfatizou que era importante que os dois lados não tomassem nenhuma decisão que pudesse prejudicar o processo.

    "Não tenho certeza se a última decisão do Kosovo de impor uma tarifa alfandegária de 10% sobre os produtos fabricados na Sérvia e na Bósnia e Herzegovina pode ter um efeito positivo no diálogo com a Sérvia", disse Soltes.

    O comunicado do vice-presidente foi divulgado na terça-feira, depois de Pristina decidir impor tarifas adicionais sobre mercadorias vindas do país como retaliação à "abordagem hostil" em relação à república autoproclamada.

    Na segunda-feira, o chanceler austríaco, Sebastian Kurz, após uma reunião com o presidente sérvio Aleksandar Vucic em Belgrado, disse que a União Europeia estará completa quando os países dos Balcãs Ocidentais se unirem. A Áustria declarou que pretende envidar todos os esforços para apoiar a adesão da Sérvia à UE.

    Em fevereiro, a Comissão Europeia apresentou um plano de ampliação do bloco, sugerindo que a Sérvia e Montenegro entrem para o bloco até 2025. A chefe de política externa da União Europeia, Federica Mogherini, disse que os dois países, além da Albânia, Bósnia e Herzegovina, Macedônia e Kosovo estão em um "caminho claro" para a associação.

    Tags:
    Parlamento Europeu, União Europeia, Igor Soltes, Aleksandar Vucic, Sebastian Kurz, Federica Mogherini, Bósnia e Herzegovina, Pristina, Albânia, Kosovo, Belgrado, Macedônia, Montenegro, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik