09:33 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norueguês (foto de arquivo)

    Jornal francês expõe falhas mais marcantes das grandiosas manobras da OTAN na Noruega

    © Foto: 1GNC Münster
    Europa
    URL curta
    539

    A OTAN está realizando o seu maior exercício militar já visto após a Guerra Fria, envolvendo cerca de 50.000 soldados, 65 navios e 250 aeronaves de 31 países na Noruega.

    Entretanto, durante seus grandiosos exercícios militares, estão ocorrendo diversos erros, como por exemplo, a falta de coordenação nas operações, saídas em falsa e grande quantidade de cerveja consumida pelos soldados.

    A OTAN, juntamente com os EUA, organizou as manobras Trident Juncture 18 para preparar suas tropas para um eventual conflito. Porém, os exercícios têm sido algo hilário, tendo mais contratempos do que sucesso em suas operações, segundo o jornal La Croix.

    Um dos principais problemas enfrentados durante as manobras seria a falta de coordenação entre as equipes, possivelmente pelas falsas escapadas.

    Durante as manobras, um incidente fez com que os exercícios fossem interrompidos, pois, segundo os envolvidos, uma suposta aeronave "intrusa" havia sido avistada, entretanto, a aeronave fazia parte dos exercícios.

    Outra situação desagradável novamente teria ocorrido por erro de comunicação, dessa vez envolvendo uma escolta que estava encarregada de recolher os jornalistas que estavam registrando a missão. A falta de informação era tão grande que no dia do voo, não havia sido disponibilizada as listas dos assistentes, o que reteve os jornalistas até uma autorização chegar.

    E isso não é tudo, os erros persistiram após os jornalistas partirem em voo para registrar parte de uma das missões, quando todos já estavam posicionados no helicóptero em torno do navio de comando norte-americano da classe Blue Ridge, o USS Mount Whitney, a embarcação norte-americana apresentou problemas no motor, retornando à base, relatou um oficial que estava a bordo do navio.

    Além disso, um helicóptero Seahawk também enfrentou problemas. Durante a missão foi constatado que não havia combustível suficiente para chegar à base. Diante da situação, a aeronave teve que pousar em um porta-aviões, expondo a total falta de coordenação e preparo por parte dos envolvidos.

    Para completar, a imprensa presenciou um dos momentos mais hilários e deprimentes dos exercícios, quando flagraram soldados fardados que participam das grandiosas manobras da OTAN, bebendo toda cerveja disponibilizada em Reiquiavique, na Islândia.

    "É por isso que nós treinamos. Para evitar que esses imprevistos se repitam em uma situação mais séria", declarou o almirante norte-americano, Brad Skillman, ao ser questionado sobre o fato.

    As manobras conjuntas da OTAN Trident Juncture começaram na Noruega em 25 de outubro e terminarão em 7 de novembro.

    Mais:

    OTAN vê grandes manobras militares russas como 'preparação para conflito em larga escala'
    OTAN e o Japão realizaram manobras conjuntas no mar Báltico
    2 fragatas lideram frota britânica nas manobras da OTAN no Ártico
    Tags:
    exercícios conjuntos, Guerra Fria, manobras, exercícios militares, OTAN, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik