01:25 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça F-35 da Força Aérea dos Estados Unidos, foto de arquivo

    Compra de 34 novos F-35 pela Bélgica é elogiada pelos EUA

    © AP Photo / Rick Bowmer
    Europa
    URL curta
    1155

    Nesta quinta-feira (25) os Estados Unidos comentaram, através de um comunicado de imprensa, a decisão da Bélgica de comprar 34 novos F-35 para modernizar a frota da Força Aérea belga.

    O comentário foi positivo e foi emitido pela porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert.

    A notícia de que os belgas comprariam 34 novos jatos de combate F-35 foi anunciada mais cedo nesta quinta-feira (25) pelo primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel.

    "Os Estados Unidos saúdam a decisão do governo da Bélgica de comprar 34 novos aviões de combate F-35", disse Nauert no comunicado.

    A porta-voz ainda acrescentou que o compromisso da Bélgica com o programa F-35 expandirá a indústria aeroespacial do país.

    O F-35 é um projeto da empresa norte-americana Lockheed Martin Aeronautics que disputou a preferência dos belgas com a UK BAE Systems.

    A Força Aérea da Bélgica atualmente tem 54 caças F-16 fabricados nos EUA, que estão em uso desde o início dos anos 1980.

    O Ministério da Defesa da Bélgica anunciou que os custos de uma unidade do F-35 na operação, incluindo equipamentos e treinamento de pilotos, será de US$ 86,8 milhões.

    O custo total do rearmamento da força aérea belga será de cerca de US$ 2,8 bilhões, enquanto o governo disse que planeja alocar US$ 4,1 bilhões no programa.

    Mais:

    Analista militar estadunidense revela razões ocultas por trás das falhas do caça F-35
    Reino Unido segue exemplo dos EUA e suspende voos de caças F-35
    'Mais um fracasso': analista comenta suspensão de voos de caças F-35
    Não relaxe demais, F-35, já que pretende ser o melhor do mundo
    Tags:
    Força Aérea, F-35, UK BAE Systems, Lockheed-Martin, EUA, Bélgica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik