00:53 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Porta-aviões norte-americano Harry S. Truman no golfo de Omã (foto de arquivo)

    Porta-aviões dos EUA entra no Ártico pela 1ª vez em quase 30 anos

    © AP Photo / Mass Communication Specialist 3rd Class J. M. Tolbert
    Europa
    URL curta
    12818

    O porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman cruzou neste 19 de outubro o Círculo Polar Ártico pela primeira vez em 27 anos para realizar manobras no mar da Noruega.

    O porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman cruzou neste 19 de outubro o Círculo Polar Ártico pela primeira vez em 27 anos para realizar manobras no mar da Noruega.

    O USS Harry S. Truman é o primeiro porta-aviões dos EUA a navegar além do Círculo Polar Ártico desde 1991, quando o USS America visitou a área durante as manobras North Star da OTAN.

    "Passaram mais de três décadas desde que a aviação embarcada foi testada em tais condições climáticas e, apesar das difíceis condições do tempo e do mar, estes homens e mulheres estão demonstrando que o navio pode aproveitar todo o espectro de suas capacidades para operar em qualquer lugar do mundo", declarou o comandante do navio, capitão Nick Dienna.

    O grupo aeronaval liderado pelo porta-aviões testará suas capacidades perto da costa norueguesa, efetuando operações em condições de baixa temperatura, ventos fortes e tempestade no mar. Depois disso, o grupo se juntará os países da OTAN para participar das manobras Trident Juncture 2018.

    Os exercícios Trident Juncture da OTAN decorrerão de 25 de outubro a 23 de novembro na Noruega e nas áreas circundantes do Atlântico Norte e mar Báltico. Eles entrarão na lista dos maiores exercícios da OTAN das últimas décadas, com a participação de cerca de 50.000 militares, incluindo 14.000 soldados norte-americanos, que utilizarão cerca de 150 aviões, 65 navios e mais de 10.000 veículos.

    Na semana passada, o canal Fox News escreveu, citando o comandante supremo das Forças Aliadas na Europa, que a participação do USS Harry S. Truman visa mostrar à Rússia que os EUA e seus aliados estão prontos a defender o oceano Atlântico.

    Mais:

    Tantas quedas em tão pouco tempo: a história moderna dos desastres com caças da OTAN
    Causando indignação no povo, equipamento da OTAN passa livremente por países europeus
    Tags:
    grupo naval, manobras, porta-aviões, Harry S. Truman, OTAN, mar Báltico, oceano Atlântico, Noruega, Ártico, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik