19:45 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Fumaça após incêndio e explosões atinge depósito de munição do Ministério da Defesa ucraniano na região de Chernigov, em 9 de outubro de 2018

    Explosão e incêndio em arsenal militar acabam com sonho da Ucrânia de integrar a OTAN?

    © REUTERS / Vladyslav Musiienko
    Europa
    URL curta
    6191

    As recentes explosões e o incêndio em um arsenal militar ucraniano na cidade de Chernigov podem ter afetado negativamente suas chances de vir a fazer parte da OTAN.

    Segundo Vladislav Telichko, que foi vice-ministro das Emergências da Ucrânia entre 2007 e 2009, para ingressar na OTAN é necessário que o país candidato corresponda aos padrões da organização, inclusive que respeita ao armazenamento de armas.

    "O sonho acabou, [o incidente em Chernigov] não permitirá que isso ocorra", enfatizou Telichko no programa de televisão Vremia Pokazhet.

    Telichko indica que, se a Ucrânia desejar fazer parte da Aliança Atlântica, será necessário reconstruir todos os seus armazéns militares de acordo com os padrões exigidos pela OTAN. "Porém um novo sistema de armazenamento de armas requer um grande investimento […]".

    A explosão em um depósito militar na região de Chernigov ocorreu no dia 9 de outubro. O arsenal ocupa uma área de cerca de 682,6 hectares, das quais 402 hectares correspondem à chamada área técnica. Segundo informações oficiais, apenas 10% da área técnica do arsenal foi atingida, informou a RIA FAN.

    O Ministério da Infraestrutura da Ucrânia aumentou o raio da zona de exclusão aérea na região de Chernigov, de 20 km para 30 km.

    Vale ressaltar que, em março de 2017, na região de Carcóvia se incendiou um outro arsenal, causando um morto, cinco feridos e a destruição de quase 70% do armamento armazenado. No outono, em resultado de mais uma explosão de um paiol, foram evacuadas 30 mil pessoas. Em maio de 2018, num depósito militar se incendiou a grama seca, provocando o estado de emergência.

    O presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, aguarda explicações dos responsáveis das Forças Armadas sobre o incêndio, tendo já sido iniciada uma investigação por negligência.

    Mais:

    Mídia: EUA e Israel usam Ucrânia para obter segredos dos mísseis S-300
    Especialista assinala 2 prováveis causas das explosões em depósitos militares da Ucrânia
    Ucrânia estava pronta para combater russos no estreito de Kerch, diz oficial
    Tags:
    militar, depósito, armamento, incêndio, explosão, OTAN, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik