15:15 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras da União Europeia e da Turquia

    Erdogan ameaça realizar referendo sobre adesão à União Europeia

    © AP Photo / Osman Orsal, File
    Europa
    URL curta
    374

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou a União Europeia de atrasar o processo de recepção de Ancara ao bloco e disse que um referendo poderia ser realizado no país sobre esta questão.

    "Que isto [a situação sobre a adesão da Turquia à União Europeia] chegue até o final, para que possamos determinar a nossa orientação. Eles ainda arrastando a questão. Tornaram-se membros da União Europeia países que nem sequer podem ser comparados com a gente […] Se continuarem a seguir esta lógica então resta a nós voltar para os nossos 81 milhões [população] em relação à UE, e ver o que eles dizem", disse Erdogan, falando em um fórum em Istambul.

    O líder turco instou Bruxelas a determinar sua posição em relação à entrada da Turquia no bloco. 

    "Não aceitam, então falem isso, e sigam o seu caminho, que nós seguimos o nosso", acrescentou Erdogan. 

    Turquia assinou em 1963 um acordo de associação com a então Comunidade Econômica Europeia (CEE), e em 1987 solicitou a adesão ao bloco. Contudo, as negociações de adesão começaram apenas em 2005 e foram repetidamente suspensas devido a disputas. Agora, 16 dos 35 dossiês de negociação estão abertos.

    Mais:

    Em meio a crise cambial com os EUA, Turquia reativa diálogo sobre adesão à União Europeia
    Erdogan diz que Turquia nunca desistiu de entrar na União Europeia
    Turquia critica a entrega de ajuda a refugiados sírios por parte da União Europeia
    Entrada da Turquia na União Europeia fica cada vez mais distante
    Tags:
    referendo, Recep Tayyip Erdogan, União Europeia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik