13:06 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Vista aérea da cidade de Sevastopol, na Crimeia

    Tentaram proibir uso da palavra 'Crimeia' na ONU

    © Sputnik / Aleksei Malgavko
    Europa
    URL curta
    8214

    Na 39ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, tentaram impedir os defensores russos de direitos humanos de usarem a palavra “Crimeia”, segundo o presidente do grupo de trabalho para assuntos jurídicos e internacionais da representação permanente da Crimeia ante o presidente russo, Aleksander Molokhov.

    Segundo explicou o funcionário de alto escalão, alguém tentou editar de antemão o texto preliminar do relatório dedicado à luta contra as sanções impostas sobre a Crimeia pelos EUA, União Europeia e Ucrânia, assim como contra as supostas violações dos direitos dos tártaros crimeanos na Ucrânia.

    No entanto, quando a delegação russa exigiu explicações ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, o órgão explicou que "não temos direito de utilizar a palavra ‘Crimeia' em nosso relatório, podendo utilizar apenas ‘República Autônoma da Crimeia' acompanhada da palavra ‘Ucrânia'", indicou.

    Molokhov acrescentou que "para realçar a situação absurda, propusemos substituir ‘tártaros crimeanos' por ‘tártaros ucranianos'", resolvendo o problema no último momento, graças a "algumas pessoas mais inteligentes que entenderam que não era nada mais que uma estupidez e idiotice".

    Mais:

    Para que é que Crimeia precisa de mais divisões de mísseis S-400?
    Poroshenko promete tirar Marinha russa da Crimeia
    Será que Kiev poderá reaver Crimeia criando base militar no mar de Azov?
    Tags:
    Rússia, direitos humanos, palavra, proibição, ONU, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik