15:55 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass

    Ministro ucraniano indica 3 pontos do plano 'secreto' do Ocidente para Donbass

    © AP Photo / Vadim Ghirda
    Europa
    URL curta
    11117

    O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Pavel Klimkin, disse à rádio Novoe Vremya que o projeto de resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre o acordo em Donbass está pronto há muito tempo.

    Segundo Klimkin, o documento foi elaborado pelos países ocidentais junto com a Ucrânia e contém três pontos. 

    Primeiramente a presença de forças de manutenção da paz é importante. Ao mesmo tempo, ele observou que a operação deveria ser "consistente": as forças de manutenção da paz deveriam estar presentes na zona de conflito e "não ficar paradas ao longo da linha de contato". No entanto, o número de efetivos do contingente não é a principal questão, destacou o ministro. 

    O segundo componente do plano "secreto" são as forças policiais, que permitirão o "verdadeiro desarmamento" e serão responsáveis pela segurança.

    O último componente é a administração internacional, complementou Klimkin. Segundo ele, isso substituirá as estruturas de poder na zona de conflito. 

    O ministro classificou os últimos dois pontos como "questões de excepcional importância".

    Klimkin também acrescentou que o projeto, "que há muito está pronto", não é submetido ao Conselho de Segurança da ONU para impedir que a Rússia "faça um acordo que impeça a real desocupação".

    Kiev está buscando a introdução de forças de paz em Donbass. Anteriormente, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que apoia a ideia de enviar uma missão de manutenção da paz à Ucrânia, mas isso deve ser direcionado apenas à função de garantir a segurança do pessoal da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

    As autoridades ucranianas acreditam que a missão da ONU deveria ter um mandato mais amplo e ser implementada em toda a região de Donbass até a fronteira com a Rússia. 

    Kiev tem acusado repetidamente a Rússia de interferir nos assuntos do país. Moscou nega tais acusações e as considera inaceitáveis.

    Mais:

    Chanceler ucraniano anunciou que existe um plano secreto da Ucrânia para mar de Azov
    Equipamento militar obsoleto: por que Ucrânia compra navios dinamarqueses velhos?
    Chances da Ucrânia de criar base naval serão maiores que de construir uma base em Marte?
    Tags:
    desocupação, projeto, Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Conselho de Segurança da ONU, Pavel Klimkin, Rússia, Donbass, Kiev, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik