15:16 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    WikiLeaks founder Julian Assange is seen on the balcony of the Ecuadorian Embassy in London, Britain, May 19, 2017

    Julian Assange estaria planejando fugir para Rússia?

    © REUTERS / Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    8121

    O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, em 2010 entregou documentos na embaixada russa em Londres para conseguir o visto da Rússia, informou a agência Associated Press.

    Segundo o comunicado, Assange tentou obter visto para a Rússia no momento em que ele enfrentava acusações de assédio sexual na Suécia e corria risco de ser preso.

    Em carta obtida exclusivamente pela agência, o programista australiano disse que "concedia autoridade total a seu amigo, Israel Shamir, para entregar e pegar seu passaporte a fim de obter um visto".

    Previamente, o WikiLeaks foi acusado de ter ligações com autoridades russas, lembra a agência.

    As supostas ligações do ex-hacker com o Kremlin teriam se tornado mais evidentes antes das eleições de 2016 nos EUA, quando o FBI declarou que a inteligência russa forneceu diretamente ao WikiLeaks e-mails roubados da candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, bem como de outras figuras democratas.

    O artigo informa que Julian Assange também planejava escapar, e que seus assistentes buscavam refúgio no exterior.

    Em uma das anotações internas aos colegas do WikiLeaks, a advogada de direitos humanos Renata Avila informou que "há uma possibilidade dele fugir do país em um navio brasileiro". No entanto, o ex-ministro da Justiça do Brasil, Eduardo Cardozo, informou que nunca ouviu falar do pedido de asilo para Assange.

    A agência observou que os representantes do fundador australiano, que atualmente está na embaixada equatoriana em Londres, não responderam aos pedidos para comentar a tentativa de obter visto russo.

    Anteriormente, foi relatado que a Suécia teria prometido não extraditar o fundador do WikiLeaks, se ele enfrentasse julgamento nos EUA.

    Mais:

    Presidente do Equador já tem acordo com EUA sobre Assange, diz Rafael Correa
    Imprensa: presidente do Equador diz que Julian Assange deve deixar a embaixada de Londres
    'Refúgio não é para sempre': Chanceler equatoriano indica fim de asilo a Julian Assange
    Equador: a situação de Assange na embaixada em Londres 'não mudou'
    Tags:
    exterior, refúgio, pedido, embaixada, visto, WikiLeaks, Julian Assange, Suécia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik