22:18 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da República Popular de Donetsk é vista hasteada no complexo memorial de Saur-Mogila em 9 de maio de 2017, junto a uma cruz cristã ortodoxa

    Explosão que matou líder da República Democrática de Donetsk vitimou 11 pessoas

    © Sputnik / Sergei Averin
    Europa
    URL curta
    Aleksandr Zakharchenko morre em atentado (15)
    4314

    Pelo menos mais 11 pessoas morreram ou sofreram ferimentos durante a explosão no centro de Donetsk que matou o líder da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD), Aleksandr Zakharchenko, nesta sexta-feira, disse uma fonte local à Sputnik.

    "No total, 11 pessoas se tornaram vítimas da explosão", disse a fonte, sem detalhar o número exato de vítimas fatais. "O número inclui os mortos e os feridos".

    A explosão ocorreu no centro de Donetsk. De acordo com assessor do presidente da RDP, o explosivo foi colocado deliberadamente em um restaurante que Zakharchenko frequentava. O ministro das Finanças da RPD, Alexander Timofeev, também foi ferido durante o incidente.

    Um número não confirmado de suspeitos foi detido, disse Aleksandr Kazakov, conselheiro presidencial, durante entrevista à emissora Rossiya 1. 

    "No momento, declaramos estado de emergência em toda a república. As fronteiras estão fechadas e suspeitos pela realização desse atentado terrorista já foram detidos", disse Kazakov.

    O presidente do Conselho Popular de Donetsk, Denis Pushilin, afirmou que o assassinato de Zakharchenko foi organizado pela parte ucraniana.

    Pushilin assegurou que "Donetsk vai se vingar desse crime".

    Tema:
    Aleksandr Zakharchenko morre em atentado (15)

    Mais:

    Rússia abre investigação sobre morte de Zakharchenko
    Assassinos de Zakharchenko devem ser encontrados e punidos, diz Putin
    República Popular de Donetsk coloca tropas em prontidão máxima após morte do seu líder
    Embaixador russo nos EUA: Moscou não ganha nada com morte de Zakharchenko
    Donetsk é fechada após assassinato de Zakharchenko
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik