22:30 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Os migrantes fazem o seu caminho depois de atravessar a fronteira em Zakany, Hungria (arquivo)

    Premiê húngaro Viktor Orban congratula ministro italiano anti-imigração

    © REUTERS / Laszlo Balogh
    Europa
    URL curta
    160

    O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, disse nesta terça-feira que a Europa precisa de uma nova Comissão e Parlamento Europeu que defendam a proteção das fronteiras e a suspensão da migração.

    "A segurança da Europa depende do sucesso dele (de Salvini)", disse Orban em coletiva de imprensa conjunta com o ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, em Milão.

    Viktor Orban tem perseguido uma linha dura em relação aos migrantes desde que a crise dos refugiados eclodiu na Europa em 2015. Depois que centenas de milhares de imigrantes entraram na Hungria, Budapeste construiu uma cerca ao longo de sua fronteira sul para impedir o fluxo de entrada.

    Medidas severas contra a migração foram uma parte importante de sua campanha eleitoral e continuam sendo um dos principais tópicos em sua atual agenda política.

    No início de abril, ele ganhou um terceiro mandato como primeiro-ministro húngaro e garantiu ao Partido Fidesz uma grande maioria no Parlamento do país.

    Tags:
    Ministério do Interior da Itália, Partido Fidesz, Matteo Salvini, Viktor Orban, Europa, Budapeste, Hungria, Milão, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik