15:30 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Praça de Independência em Kiev, Ucrânia

    Senador tcheco compara Ucrânia com 'buraco negro'

    © Sputnik / Vitaly Belousov
    Europa
    URL curta
    291

    Na Ucrânia os oligarcas continuam a lutar pelos fluxos financeiros enquanto entre as pessoas simples reina uma pobreza terrível, porque todos os recursos que chegam a Kiev a título de ajuda econômica caem em um "buraco negro" e é pouco provável que apareçam algum dia, disse o deputado checo Yaroslav Roubava em entrevista à edição Parlamentni Listy.

    Entretanto de facto os países ocidentais não se preocupam com o fato que na Ucrânia ter ocorrido um violento golpe de Estado que resultou na morte de milhares de pessoas. Todos perseguem seus próprios interesses no jogo político, considera o parlamentar.

    Falando sobre o possível futuro da Ucrânia, Doubrava desenhou um quadro triste. "As províncias provavelmente não supõem o que se passa, mas as grandes cidades já estão sob o controle de fascistas", assinalou senador.

    Anteriormente, o deputado de Suprema Rada e líder do partido Za zhizn (Pela Vida, em português), Vadim Rabinovich, avisou que a Ucrânia está à beira de uma catástrofe. Segundo ele, os países europeus "a pretexto de ajuda econômica tentam ficar com a riqueza nacional da Ucrânia."

    "Agora o Banco Nacional pagou, sem grande alarde, 455 milhões [de dólares, cerca de 1,706 bilhões de reais] ao Fundo Monetário Internacional, agora nos disseram que a Europa nos daria um bilhão, mas se esqueceram de dizer que eles exigem levantar a moratória sobre a exportação de madeira. Ou seja, a Europa generosamente dá um bilhão, dinheiro que nós acabamos por devolver a título de juros à organização internacional, mas para isso nós devemos perder os Cárpatos", afirmou o parlamentar.

    Mais:

    Analista adverte sobre cenário apocalíptico para Ucrânia após eleições
    Guerra civil na Ucrânia ameaça tomar uma nova forma, diz analista militar
    Canadá entregará mais de US$ 7 milhões às Forças Armadas da Ucrânia
    Ucrânia desenvolve mais um plano para 'retomar e reintegrar' Crimeia
    Tags:
    dólar, pobreza, moratória, ajuda financeira, Fundo Monetário Internacional, Europa, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik