12:30 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Yulia Skripal (foto de arquivo)

    Yulia Skripal pretende voltar para a Rússia

    © Foto: Yulia Skripal/Facebook
    Europa
    URL curta
    2110

    Yulia Skripal, que foi alegadamente envenenada junto com o seu pai, Sergei, na cidade inglesa de Salisbury, em março, está pronta para voltar ao seu país, a Rússia, assim que o seu pai melhorar, segundo contou uma prima da jovem, de nome Viktoria, à Sputnik nesta quinta-feira.

    "Ela disse que está bem e já tem conexão com a internet. Ela vai voltar para casa quando o seu pai ficar melhor", declarou a parente. 

    A conversa entre as primas foi realizada na última terça-feira, quando a mãe do ex-espião russo Sergei Skripal comemorou o seu 90º aniversário. 

    "Ela estava muito feliz em saber que Sergei estava ok", destacou Viktoria, explicando que, de acordo com Yulia, o pai ainda teria um tubo de respiração agarrado à sua traqueia. 

    Em 4 de março deste ano, Yulia e Sergei Skripal foram encontrados inconscientes em uma banco de shopping em Salisbury, na Inglaterra, com supostos sintomas de intoxicação. O governo britânico e seus aliados rapidamente acusaram, mesmo sem provas, a Rússia de estar por trás da situação, já que o ex-espião teria traído Moscou e servido ao Reino Unido no passado, o que lhe custou uma condenação antes de ser trocado por outros agentes russos detidos no exterior. O Kremlin, no entanto, nega qualquer participação no caso.

    Mais:

    Policial britânico é internado após suposto envenenamento por agente nervoso
    Londres: Rússia não está envolvida no envenenamento de 2 pessoas em Amesbury
    Vítimas de envenenamento no Reino Unido permanecem em estado crítico
    Yulia Skripal dá primeira entrevista após suposto envenenamento
    Tags:
    Viktoria Skripal, Sergei Skripal, Yulia Skripal, Moscou, Salisbury, Reino Unido, Inglaterra, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik