21:03 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado polonês junto às bandeiras da OTAN, Polônia e EUA

    Ex-premiê polonês explica por que Rússia nunca invadirá nenhum país da OTAN

    © REUTERS / Kacper Pempel
    Europa
    URL curta
    9282

    As preocupações polonesas quanto a uma possível agressão militar russa não têm nenhum sentido, acredita o ex-primeiro-ministro do país, Leszek Miller.

    Ultimamente, na Polônia tem sido frequentemente debatido o tema da ameaça militar que alegadamente provém da Rússia. Em conexão a isso, foi aprovado um programa para o aumento significativo do exército polonês, enquanto na Polônia foi posicionado um batalhão multinacional da OTAN e uma brigada blindada do exército dos EUA.

    Oficialmente, a Polônia propôs alocar até US$ 2 bilhões (R$ 7,7 bilhões) para posicionar em seu território uma divisão blindada norte-americana.

    Por sua vez, Moscou afirmou repetidamente que a Rússia nunca vai atacar nenhum país da OTAN. De acordo com o chanceler russo, Sergei Lavrov, a OTAN está ciente que os russos não têm planos de atacar alguém, mas aproveita o pretexto para posicionar mais equipamento militar e batalhões perto das fronteiras russas.

    "Acredito que a Rússia não vai invadir nenhuma dos Estados da OTAN. Nenhum dos países da aliança está ameaçado por uma agressão russa, já que uma agressão em relação à Lituânia, Letônia, Estônia ou Polônia significaria uma guerra com toda a OTAN e, como resultado, uma terceira guerra mundial, ou seja, a destruição de todo o mundo", assinalou o ex-premiê polonês.

    "Ninguém terá ousadia de fazê-lo, nem em Moscou, tampouco em Washington ou Bruxelas", acrescentou Miller, entrevistado pela Sputnik.

    Mais:

    Avião MiG-29 da Força Aérea da Polônia sofre acidente, piloto morre
    Polônia reincorpora tanques soviéticos T-72 no exército
    EUA começam a operar drones Reaper na Polônia
    Tags:
    ameaça, OTAN, Rússia, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik