17:58 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Moldávia Igor Dodon durante uma reunião com Vladimir Putin, 17 de janeiro de 2017

    'Não faremos amizade com o Ocidente contra a Rússia', diz presidente da Moldávia

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Europa
    URL curta
    6192

    A Moldávia pretende construir laços amigáveis com todos os países, mas não "fará amizade com o Ocidente contra a Rússia", disse o presidente da República da Moldávia, Igor Dodon, neste sábado (14).

    "Nossa posição é clara e distinta. Queremos fazer amigos com todos, mas não queremos ser usados contra ninguém em termos de geopolítica. Não pretendemos fazer amizade com o Ocidente contra a Rússia — essa é a minha posição", afirmou Dodon em uma reunião com o presidente russo Vladimir Putin em Moscou.

    Dodon também notou progressos na resolução do conflito na Transnístria ao longo dos últimos anos e reiterou a sua posição, "bem como a posição da maioria" do povo moldavo, de que a missão das forças de manutenção da paz russas na região tem sido bem sucedida, denunciando tentativas de minar ou questionar os esforços.

    Putin, por sua vez, se comprometeu a envidar todos os esforços para normalizar os laços russo-moldavos.

    Logo após a reunião, Dodon escreveu no Facebook que Putin o havia convidado para fazer uma visita oficial à Rússia, expressando esperança de que a visita "contribuísse para o desenvolvimento de relações de parceria estratégica de longo prazo" entre os dois países.

    A Moldávia, uma república parlamentar, há tempos vem enfrentando um impasse entre o presidente e o governo sobre a política externa do país. Dodon insiste na reaproximação com a Rússia, enquanto a maioria parlamentar e o governo mantêm um curso pró-ocidental de política externa e pedem a retirada das forças russas, parte da missão de manutenção da paz na região separatista da Transnístria.

    Mais:

    Explosão atinge capital da Moldávia, causando mortes
    Presidente da Moldávia declara que não assinará nenhuma lei antirrussa
    Presidente da Moldávia suspende decisão do governo de enviar tropas à Ucrânia
    Moscou convoca embaixador da Moldávia para esclarecer 'provocação' na ONU
    Dodon promete esclarecer planos dos EUA para construir instalações militares na Moldávia
    Tags:
    relações bilaterais, diplomacia, Igor Dodon, Vladimir Putin, Transnístria, Moldávia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik