14:43 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA

    Pentágono 'controla danos' após participação de Trump na cúpula da OTAN

    CC0
    Europa
    URL curta
    508

    Segundo a NBC News, altos funcionários do Pentágono asseguram aos seus aliados da OTAN que as bases militares dos EUA permanecerão funcionando, apesar das ameaças de Trump.

    Os líderes militares dos EUA estão "controlando os danos" e contaram seus colegas da OTAN na Europa para garantir que os EUA cumprirão seus compromissos na defesa da região, depois de Donald Trump ter supostamente ameaçado romper a parceria militar, informa a NBC News.

    Segundo a fonte no governo norte-americano, altos oficiais do Pentágono asseguraram aos seus aliados da OTAN que os militares dos EUA permanecerão na Europa.

    Os contatos visaram "fortalecer os compromissos da aliança", depois de Trump "deixar claro que esses compromissos estavam em questão", disse uma autoridade familiarizada com o assunto, segundo a NBC.

    Alguns orgãos da imprensa informaram que Trump ameaçou deixar a aliança, se os aliados não cumprissem imediatamente compromissos financeiros militares. 

    Um repórter, inclusive perguntou se Trump poderia tomar essa decisão sem a aprovação do Congresso. "Acho que provavelmente posso, mas não será necessário", respondeu Trump.

    Mais:

    Relatório: no bombardeio da Líbia OTAN usou munições com urânio empobrecido
    OTAN e Ucrânia discutem possível missão de paz em Donbass
    Moscou: Instabilidade no Oriente Médio é resultado de aventuras militares da OTAN
    Política francesa sugere adesão da Rússia à OTAN para combater o terrorismo
    OTAN em plena expansão: mais um país está prestes a entrar na Aliança
    OTAN quer livrar aliados do equipamento militar soviético?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik