10:09 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    A chanceler alemã, Angela Merkel, à esquerda, fala com a primeira-ministra britânica Theresa May, centro, e com o presidente francês Emmanuel Macron antes de uma mesa redonda em uma cúpula da UE em Bruxelas.

    Grã-Bretanha quer preservar acordo de livre comércio com UE depois do Brexit

    © AP Photo / Geert Vanden Wijngaert
    Europa
    URL curta
    203

    A primeira-ministra da Grã-Bretanha, Theresa May, declarou que Londres pretende negociar a conservação do acordo de livre comércio com a União Europeia depois do Brexit.

    Nesta sexta-feira, foram realizadas consultas entre os ministérios britânicos para definir uma estratégia conjunta de Londres durante as negociações com Bruxelas a respeito do Brexit. 

    "Hoje, durante uma discussão pormenorizada, o governo definiu a nossa posição para as futuras negociações com a UE. Propomos instautar uma zona de livre comércio entre a Grã-Bretanha e a UE, que contemple um registro unificado dos produtos industriais e da produção agro-pecuária", disse May aos jornalistas.

    Segundo ela, a medida visa manter os altos padrões nessas áreas. Além disso, Londres assegurou que o regime de livre comércio atual não deverá sofrer modificações sem uma aprovação do parlamento britânico.

    "Todavia, concordamos sobre um novo modelo alfandegário, que atende as necessidades do setor privado, e que contempla a celebração de novos acordos comerciais com os países ao redor do globo", explicou May.

    Mais:

    Brexit pode custar 10 bilhões de libras a mais do que o estimado anteriormente
    Brexit se torna lei permitindo ao Reino Unido sair da UE
    Pelo fim do Brexit, 100 mil pessoas saem às ruas de Londres
    Após meses de debate, Câmara dos Lordes aprova finalmente medidas para o Brexit
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik