14:43 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Avião L-39

    Tchecoslováquia criou um jato para países socialistas, e a República Tcheca consegue?

    © Sputnik / Igor Russak
    Europa
    URL curta
    2120

    A revista Aviation Classics dedicou a sua 28ª edição ao lendário avião Aero L-39 Albatros da República Socialista da Tchecoslováquia.

    Depois da revolução de 1989, a mídia escrevia com frequência sobre os fracassos dos projetos socialistas, mas o L-39 foi outra coisa. É o avião de treinamento militar mais bem-sucedido de todas as épocas. A Sputnik República Tcheca falou com o engenheiro Robert Theiner sobre os problemas ligados aos fornecimentos do avião.

    "O setor da indústria militar não pode ser separado da política", assinala. Esse foi o caso do L-39. Na época o maior concorrente do L-39 era o Hawk britânico. Houve a chance de que ele pudesse ser comprado pela Austrália. Houve negociações de alto nível, e ao final o governo britânico pressionou o australiano e foi assinado o contrato sobre a compra dos Hawk. Assim, a política venceu.

    O L-39, embora tenha sido produzido nos anos 60, pode desempenhar suas funções até hoje. Agora, cerca de 200 aviões são propriedade de cidadãos norte-americanos, são bastante fáceis no seu uso e podem decolar de terrenos com erva não reforçados.

    Mas no que se refere aos prazos de produção, o avião L-39, bem como o L-29 Delfin, foram elaborados bastante depressa porque, quando as ordens eram dadas pelo partido e pelo governo, o país tinha o potencial.

    Além disso, ressalta Robert Theiner, a Tchecoslováquia teve a oportunidade de construir não só os L-29 e L-39, mas também aviões esportivos. O número de aviões per capita na República Socialista da Tchecoslováquia era excepcional.

    Passado algum tempo, alguns aviões foram comprados pelos militares, outros ficaram sem uso, uma terceira parte foi vendida ao Iraque, mas mesmo assim a continuidade foi interrompida.

    O interessante é que a época de produção do L-29 Delfin coincidiu com a realização de um concurso no âmbito do Conselho para Assistência Econômica Mútua. Do concurso participaram o avião polonês Iskra, o russo Yak-30 e o L-29 Delfin. O aparelho tcheco bateu até as aeronaves soviéticas, e o L-29 passou a ser produzido para todos os países do Pacto de Varsóvia, facilitando assim o caminho para o Albatros.

    A nova geração dos L-39 está cheia de inovações. Os aviões têm novos motores Williams com grande propulsão, possuem melhor aerodinâmica e têm a chamada "asa molhada". Trata-se do fato de a estrutura inicial ser ao mesmo tempo reservatório de combustível. A asa já não tem nenhuns reservatórios para combustível. O próprio revestimento é o tanque.

    Mas, hoje em dia, a situação no país mudou. O programa de produção é difícil ser relançado, existe a simples falta de quadros. "Para a indústria de aviação é preciso que o país tenha um conglomerado de investidores muito ricos, mas agora o nosso país não está pronto para isso", concluiu o especialista.

    Mais:

    Para quem OTAN está perdendo sua supremacia aérea?
    O que caças dos EUA capazes de transportar bombas nucleares fazem na Europa?
    Centro de inteligência militar espacial da OTAN será inaugurado na República Tcheca
    Tags:
    socialismo, jato, caça, avião, Tchecoslováquia, República Tcheca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik