14:23 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    A usina nuclear em Tihange, sudeste de Bruxelas.

    Especialistas descobrem falha estrutural em planta nuclear belga

    © AP Photo / Yves Logghe
    Europa
    URL curta
    0 01

    As pessoas que vivem perto da usina nuclear de Tihange, na região da Valônia, na Bélgica, têm sérias preocupações sobre a segurança da estação, que sofreu várias paralisações nos últimos anos.

    A operadora da estação nuclear, Engie-Electrabe, encontrou "instabilidade" no teto de concreto armado do bunker blindado do reator durante uma checagem planejada que começou em 30 de março, informou o jornal Soir.

    De acordo com o jornal, os especialistas da empresa também determinaram que as “anomalias” no concreto armado estavam lá desde a construção do bunker. Eles temem que o defeito possa enfraquecer potencialmente a força estrutural da unidade. Soir disse que os reatores da usina nuclear de Doel, na Flandres, não foram afetados por terem arquitetura diferente.

    A agência de segurança nuclear da Bélgica (AFCN) disse que o reator da Tihange não será reiniciado antes que o bunker seja declarado seguro. De acordo com uma estimativa preliminar, isso pode não acontecer antes de setembro.

    A fábrica de Tihange está localizada a apenas 60 quilômetros da fronteira com a Alemanha e a Holanda, enquanto a fábrica de Doel fica próxima à cidade portuária belga de Antuérpia, próxima à fronteira com a Holanda.

    Cerca de metade da energia da Bélgica é fornecida pela energia nuclear dos sete reatores operacionais do país, três da Tihange e quatro da Doel.

    Tags:
    Doel, Tihange, Agência de Segurança Nuclear da Bélgica, Engie-Electrabel, Holanda, Antuérpia, Flandres, Bélgica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik